Está aqui

Bloco exige divulgação de relatório secreto sobre atuação de Carlos Costa

Mariana Mortágua é a autora do requerimento ao presidente da Comissão Parlamentar de Inquérito para que relatório que avaliou a atuação do governador do BdP seja tornado público.
Carlos Costa, foto de Mário Cruz/Lusa

O Bloco de Esquerda submeteu um requerimento ao presidente da Comissão Parlamentar de Inquérito ao processo que conduziu à venda e resolução do Banif, o deputado comunista António Filipe. Nele, o Bloco exige ao Banco de Portugal (BdP) que apresente o relatório da Auditora Boston Consulting Group (BCG) sobre a atuação de Carlos Costa no caso BES.

O estudo do BCG custou cerca de 300 mil euros, foi encomendado pelo próprio BdP, mas o seu conteúdo nunca foi divulgado.

Mariana Mortágua, que assina o requerimento, justifica o pedido esclarecendo que “este relatório é fundamental para que a Comissão Parlamentar de Inquérito possa proceder a uma avaliação integrada da atuação do Banco de Portugal no sistema financeiro. Para além da análise retrospetiva, importa aferir se houve, de facto, uma evolução das práticas por parte de regulador, fruto da experiência adquirida nos casos passados”.

A deputada bloquista acrescenta que o relatório da mesma auditoria foi por diversas vezes requerido no passado, mas que nunca foi enviado pelo BdP que, desta forma, “privou os deputados e a Comissão de Inquérito ao BES/GES de um importante instrumento de informação e avaliação”. O Bloco que esse incidente seja ultrapassado na atual Comissão de Inquérito ao Banif.

O próprio Partido Socialista tem criticado abertamente Carlos Costa e, segundo o Diário Económico, estava a preparar também a entrega de um requerimento idêntico ao apresentado pelo Bloco.

Artigos relacionados: 

Termos relacionados Política
(...)