Está aqui

Alterações ao lay-off: "Falta proteger precários e os que já foram despedidos"

O deputado José Soeiro reagiu este domingo à correção da norma do lay-off que permitia despedir os trabalhadores da empresa ajudada pelo Estado que não estivessem nesse regime. Falta proteger precários e os despedidos anteriormente ao pedido.

Numa declaração gravada em vídeo e enviada à imprensa este domingo, o deputado José Soeiro considerou que a norma que o governo entretanto corrigiu “era tão permissiva que permitia às empresas que já tinham o apoio do Estado e estavam a aplicar lay-off continuassem a despedir”.

Para o dirigente bloquista, “era importante” fazer essa correção e “ainda bem” que foi feita.

Contudo, “fica a faltar proteger os trabalhadores precários e aqueles que já foram despedidos antes de antes da empresa requerer o lay-off”.

Soeiro recorda que o governo italiano, o governo espanhol criaram uma norma de proibição dos despedimentos e que, no caso espanhol, esta incluía os trabalhadores precários. Para ele, “é importante fazer isso também em Portugal.”

219699609440618

Termos relacionados Covid-19, Política
Comentários (1)