Está aqui

José Soeiro

Dirigente do Bloco de Esquerda, sociólogo.

Artigos do Autor(a)

30 de Maio, 2020 - 23:47h

Os olhos do mundo estão em Minneapolis, porque Minneapolis é em muitos lugares do mundo. George Floyd é hoje o símbolo das vítimas deste vírus insuportável que torna as nossas sociedades irrespiráveis. O racismo mata, de muitas maneiras.

24 de Maio, 2020 - 21:14h

A partir de 1 de junho, dizem as notícias, os aviões já poderão voar cheios. “E os teatros, senhores?! Não conheço melhor espaço para voar do que os teatros...”, perguntava António Capelo, ironicamente, nas redes sociais.

16 de Maio, 2020 - 21:07h

Centeno é o representante de uma continuidade de fundo entre o PS e a direita no que ao sistema financeiro diz respeito. O debate que conta não é se sai, ou quando. É mesmo sobre essa política que não faz qualquer falta ao país.

12 de Maio, 2020 - 23:00h

Ao mesmo tempo que é preciso criar medidas que respondam à urgência, não deveríamos começar já a desenhar o sistema para uma resposta robusta ao mundo do trabalho que efetivamente temos? O objetivo deste texto é dar um pequeno contributo para esse debate.

3 de Maio, 2020 - 12:35h

Há 130 anos, os operários que desfilaram até aos Prazeres tomavam a palavra pelo direito ao emprego e por uma jornada com um máximo 8 horas, para que quem trabalha pudesse ter mais tempo para viver. Quantos em Portugal, nos dias de hoje, se poderiam reconhecer nas suas palavras?

27 de Abril, 2020 - 16:06h

Uma “tragédia humana inimaginável”. Foi assim que o diretor regional para a Europa da OMS classificou o que está a passar-se nos chamados “lares de idosos”. As palavras são fortes e não é caso para menos.

17 de Abril, 2020 - 17:47h

O Estado espanhol vai ter finalmente, em 2020, uma prestação semelhante à que que existe em Portugal há 24 anos, desde 1996. Primeiro com o nome de Rendimento Mínimo Garantido, agora Rendimento Social de Inserção.

13 de Abril, 2020 - 15:58h

Administrador da Galp, Carlos Gomes da Silva, ganha por ano 1 milhão e 750 mil euros. Um trabalhador com salário mínimo levaria 197 anos a ganhar o mesmo - seriam 4 vidas inteiras com uma longa carreira contributiva.

5 de Abril, 2020 - 19:52h

Para responder a quem dedica a sua vida às artes e se vê agora sem rendimento é preciso intervir no imediato em pelo menos três dimensões, além de se preparar o futuro.

30 de Março, 2020 - 21:10h

Para além das experiências de outros países e do debate económico e jurídico, há uma urgência social. Portugal está já a viver uma vaga de dezenas de milhares de despedimentos e de cessações de contratos precários (como se pode ver neste site), que estão a causar um imenso desespero.

Páginas