Está aqui

“É preciso proteger SNS e parar com sangria de recursos públicos para o privado”

Catarina Martins defendeu que precisamos “de um caminho muito diferente daquele que é o caminho do PSD”, lembrando que a única proposta em cima da mesa para uma nova Lei de Bases da Saúde é a de João Semedo e António Arnaut, que o Bloco transformou em projeto de lei.
Foto de Nuno Fox, Lusa.

À margem de uma sessão pública do Bloco sobre direitos dos animais, Catarina Martins foi questionada pela agência Lusa sobre a manchete do jornal Público deste sábado, dia 21 de abril, intitulada “Rio abre espaço a Costa para reformar SNS sem o Bloco”.

Conforme lembrou a coordenadora bloquista, “o PSD foi sempre contra a existência do Serviço Nacional de Saúde (SNS)”: "Chumbou a lei quando ela foi criada. Depois, foi uma tal conquista da democracia que nenhum partido hoje é capaz de dizer que é contra o SNS, mas nós lembramos que foi num Governo do PSD, com Cavaco Silva nos anos 90, que foi criada a atual Lei de Bases da Saúde que obriga o Estado a financiar o setor privado", sinalizou.

Catarina Martins sublinhou ainda que “trinta anos depois desta alteração, vemos que ter o Estado a financiar os privados da Saúde tem trazido degradação para o SNS”.

“O que precisamos agora é de um caminho muito diferente daquele que é o caminho do PSD”, defendeu a dirigente do Bloco de Esquerda, avançando que “precisamos de modernizar e reforçar o SNS, parar com o absurdo de o Estado financiar os privados”.

Catarina Martins lembrou que a única proposta concreta que atualmente está em cima da mesa para uma nova Lei de Bases da Saúde é aquela que foi feita por João Semedo, médico e ex coordenador do Bloco, e António Arnaut, fundador do SNS, que os bloquistas transformaram em projeto de lei, a ser debatido ainda nesta sessão legislativa.

"Não nos passa pela cabeça que o PS queira discutir uma Lei de Bases para a Saúde para continuar a mandar recursos públicos para o setor privado, quando aquela que é a análise que tem sido feita é que, pelo contrário, é preciso proteger o SNS e parar com essa sangria de recursos", vincou a coordenadora do Bloco.

Termos relacionados Política
Comentários (1)