Está aqui

Catarina: “o IVA da eletricidade vai descer”

Catarina Martins afirmou que o governo já aceitou a proposta do Bloco: a necessidade de reduzir o IVA de eletricidade para o peso sobre as faturas das famílias diminuir. A proposta vai entrar em vigor no âmbito do Orçamento do Estado.
após as negociações, esta “é uma boa notícia”: “o IVA da eletricidade vai descer no próximo Orçamento do Estado”.
após as negociações, esta “é uma boa notícia”: “o IVA da eletricidade vai descer no próximo Orçamento do Estado”.

A coordenadora do Bloco considera que o preço da energia é injustificável: “não tem sentido que um bem essencial como a eletricidade pague a taxa máxima do IVA”, afirma. Assim, o caminho é “ir às rendas excessivas do setor energético”, numa altura em que “já há dados que permitem ao governo cortar 500 milhões de euros nessas rendas excessivas para o ano que vem”.

Com eles, é possível “descer a fatura da luz” e “pela via fiscal também”. Ou seja, "devemos reverter essa que foi uma medida da direita e da troika: voltar à taxa reduzida de IVA”, defendeu Catarina Martins.

De acordo com o coordenadora do Bloco, este é um ponto do Orçamento do Estado e “o governo começa a dar sinal de que percebe essa exigência do Bloco”

Assim, após as negociações, esta “é uma boa notícia”: “o IVA da eletricidade vai descer no próximo Orçamento do Estado”.

Termos relacionados Política
(...)