Está aqui

Bloco Porto quer retirar medalha da cidade a marido de Isabel dos Santos

O Bloco de Esquerda vai propor à Assembleia Municipal do Porto que seja retirada a Sindika Dokolo a medalha da cidade, que lhe foi atribuída em 2015, e lembra que foi o único partido que votou contra a proposta de Rui Moreira.
Isabel dos Santos e Sindika Dokolo
Isabel dos Santos e Sindika Dokolo

A agência Lusa questionou a Câmara do Porto sobre o assunto e esta referiu apenas que "a atribuição da medalha de mérito da cidade, grau ouro, decorreu da realização de uma das mais importantes exposições de arte contemporânea, realizada na Galeria Municipal em 2015, e que esta mesma distinção foi unanimemente aprovada em reunião de câmara". De facto, a recomendação de atribuição da medalha da cidade a Sindika Dokolo, marido de Isabel dos Santos, foi votada por unanimidade no executivo municipal, ou seja foi aprovada por Grupo Rui Moreira, PS, PSD e CDU. E, na Assembleia Municipal somente o Bloco votou contra.

O grupo municipal do Porto do Bloco de Esquerda salienta que não aceita que "a cidade do Porto seja usada como refúgio da cleptocracia angolana e que as atividades da câmara beneficiem de dinheiros canalizados pela fundação de Sindika Dokolo", anunciando que, tudo fará na Assembleia Municipal "para que este órgão retire a condecoração atribuída ao marido de Isabel dos Santos".

O Bloco anuncia que exigirá à Câmara que preste esclarecimento sobre atuais fundos recebidos por via da fundação de Sindika Dokolo e recorda que muitas vezes os seus deputados municipais denunciaram "o apoio de Rui Moreira ao marido de Isabel dos Santos, ajudando assim a lavar a imagem pública da filha do ex-ditador, perante os escândalos de corrupção e denúncias de crimes financeiros associados à sua atividade".

"Sabemos hoje que a parceria de Rui Moreira com o marido de Isabel dos Santos não se limitou à compra da Casa Manoel de Oliveira. Em outubro de 2016, foi celebrado um contrato de mecenato com a fundação de Sindika Dokolo para o apoio monetário ao Fórum do Futuro, iniciativa organizada pela câmara municipal. Tendo Rui Moreira se deslocado à capital angolana, em fevereiro de 2016, para elogiar a ‘cooperação profícua’ com Sindika Dokolo", frisa o Bloco.

Termos relacionados Luanda Leaks, Política
(...)