Está aqui

BES provoca perda de 10 mil milhões na bolsa em duas semanas

O índice da Bolsa de Lisboa teve o pior desempenho a nível mundial nas últimas duas semanas. Os juros da dívida portuguesa também se agravaram. Nesta sexta-feira, as cotações na bolsa voltaram a cair, com os bancos a perderem entre 2 e 4,5%.
O índice da Bolsa de Lisboa teve o pior desempenho a nível mundial nas últimas duas semanas

O Económico assinala nesta sexta-feira que a bolsa portuguesa desvalorizou 16,71% nas últimas semanas, o pior desempenho nas bolsas mundiais, segundo a Bloomberg.

A derrocada do BES levou a perdas acumuladas de 10.163 milhões de euros em duas semanas.

Das empresas cotadas no índice da bolsa de Lisboa, PSI 20, o Banco Comercial Português (BCP) foi quem perdeu mais: a sua capitalização bolsista caiu um terço, cerca de dois mil milhões de euros.

Outras empresas cotadas no índice perderam mais de 20%, como a PT e sobretudo os outros bancos: BPI e Banif.

Também os juros da dívida pública portuguesa caíram neste período, salientando a Bloomberg que na Europa só as taxas gregas e polacas subiram mais que os juros da dívida portuguesa.

Nesta sexta-feira, 8 de agosto, o PSI 20 caiu pelo quarto dia seguido, descendo 0,8%. Ao longo do dia o índice chegou mesmo a estar a cair mais de 2% e atingiu no final da sessão o valor mais baixo desde julho de 2013.

Segundo o “Jornal de Negócios”, a banca foi o setor mais penalizado nas quedas. O BCP caiu 3,57%, tendo o preço das suas ações descido para 8,37 cêntimos. O BPI perdeu 2,42% e as suas ações ficaram em 1,212 euros. Por sua vez, o Banif foi o banco que mais perdeu, 4,17%, estando as suas ações ao preço de 0,69 cêntimos.

A empresa do PSI 20 que mais caiu foi no entanto a construtora Teixeira Duarte, que perdeu 6,07%.

Termos relacionados Crise do BES, Sociedade
(...)