Está aqui

Alemanha acusa Trump de “minar a confiança”

No seguimento de um 'tweet' de Trump, em que este se desvinculou do acordo final da cimeira do G7, a Alemanha acusou este domingo Donald Trump de “minar” uma grande parte da confiança entre os Estados Unidos e a Europa.
Fotografia: Twitter/G7
Fotografia: Twitter/G7

Heiko Maas, ministro dos Negócios Estrangeiros da Alemanha, afirmou que “a Europa unida é a resposta para os Estados Unidos em primeiro lugar” e que se “pode rapidamente destruir uma incrível dose de confiança num 'tweet'”.

“É ainda mais importante para a Europa manter-se unida e defender os seus interesses de forma ainda mais agressiva”, afirmou.

Esta manhã, Trump dissociou-se do comunicado final da cimeira, chamando “muito desonesto e fraco” a Trudeau por este ter considerado insultuosas as tarifas americanas.

Este sábado, os líderes do G7 assinaram um texto em que defendem um comércio internacional com “regras” e se comprometem a tentar “reduzir as barreiras alfandegárias, barreiras não alfandegárias e subsídios”. Trump faltou à parte final do acordo. As questões ambientais não contaram com a sua assinatura.

Termos relacionados Internacional
(...)