Está aqui

Vídeos sobre Ellsberg e Snowden

Veja dois documentários premiados: um sobre os Documentos do Pentágono e Citizenfour, o famoso trabalho de Laura Poitras que documenta os preparativos para a conferência de imprensa de Edward Snowden em Hong Kong; e ainda uma palestra de Daniel Ellsberg.

The Most Dangerous Man in America: Daniel Ellsberg and the Pentagon Papers

Documentário de 2009 dirigido por Judith Ehrlich e Rick Goldsmith.

 

 

 

 

Daniel Ellsberg: Secrets - Vietnam and the Pentagon Papers

Palestra de Ellsberg registada pela TV da Universidade da Califórnia em 25 de outubro de 2002.

 

Citizenfour

O documentário sobre Edward Snowden filmado justamente quando este se preparava para fazer as suas revelações. A realizadora, Laura Poitras, foi contactada por Snowden, junto com os jornalistas Glenn Greenwald e Ewen MacAskill, para se encontrar com ele em Hong Kong. O documentário mostra em pormenor as conversas entre Snowden e os jornalistas e a preparação da conferência de imrpensa em que este denuncia a vigilância maciça que a NSA dos Estados Unidos realiza sobre os cidadãos e governos do mundo.

 
(...)

Resto dossier

The Post - cartaz

O filme "The Post" e os Documentos do Pentágono

O último filme de Steven Spielberg, “The Post”, aborda uma das mais importantes fugas de informação da história dos EUA, Os Documentos do Pentágono, a que dedicamos mais um dossier do Esquerda.net, organizado por Luis Leiria.

No centro, Tom Hanks (Ben Bradlee) e Meryl Streep (Katharine Graham) aguardam a decisão do Supremo Tribunal sobre a publicação dos Documentos do Pentágono

“The Post”: quando a imprensa esteve do lado certo da História

O filme de Steven Spielberg transmite-nos a vertigem do tempo sentida a partir do aproximar da hora do fecho de edição, o momento certo para a decisão acertada, a História a acontecer… é um filme que nos coloca, incontornavelmente, entre o passado e o futuro, por isso a urgência. E a urgência é Trump, a guerra, a verdade e a república. Por Sofia Roque.

“Documentos do Pentágono”: uma fuga de informação decisiva para pôr fim à guerra do Vietname

No ano de 1971, pela primeira vez na história dos Estados Unidos, os dois principais jornais de referência dos EUA foram impedidos de publicar artigos com base num estudo de 7.000 páginas que evidenciava as mentiras dos sucessivos presidentes  em relação à guerra do Vietname. A censura foi derrubada pelo Supremo Tribunal e fuga de informação conhecida como os Documentos do Pentágono faria história e ajudaria a pôr um fim à guerra. Por Luis Leiria.

Daniel Ellsberg ao sair do tribunal, depois de terem sido retiradas todas as acusações contra ele.

Daniel Ellsberg: de falcão a pomba

Nascido em Detroit, em 1931, Daniel Ellsberg foi trabalhar para a Rand Coporation, em 1959, como consultor do Departamento de Defesa e da Casa Branca. Nessa altura já tinha servido na Marinha de Guerra por três anos (presenciou em Alexandria a crise do Canal do Suez) e graduara-se em Harvard.

Daniel Ellsberg e Edward Snowden: o primeiro ficou detido apenas dois dias; o segundo arriscava a prisão perpétua.

Ellsberg e Snowden: o que mudou nos EUA entre 1971 e 2013

Alterações na legislação reforçaram os poderes do executivo e obrigaram Snowden a refugiar-se no estrangeiro. Ao contrário de Ellsberg, Snowden não tinha a menor hipótese de evitar a cadeia e sequer teria direito a um julgamento justo. Por Luis Leiria.

Jeff Bezos, o homem mais rico do mundo, é o novo dono do Washington Post. Foto de Steve Jurvetson

Dos Documentos do Pentágono aos dias de hoje

O jornal que já foi chamado de “o Pravda do Potomac” e se celebrizou pelas reportagens que levaram Nixon à renúncia, adotou uma posição abertamente pró-guerra do Iraque e defendeu a condenação judicial a uma das suas fontes. Ainda assim, é odiado por Trump. Por Luis Leiria.

Vídeos sobre Ellsberg e Snowden

Veja dois documentários premiados: um sobre os Documentos do Pentágono e Citizenfour, o famoso trabalho de Laura Poitras que documenta os preparativos para a conferência de imprensa de Edward Snowden em Hong Kong; e ainda uma palestra de Daniel Ellsberg.