Está aqui

Alberto Matos

Dirigente do Bloco de Esquerda

Artigos do Autor(a)

27 de Abril, 2022 - 09:40h

Vistos em perspetiva, os 48 anos menos 33 dias da “longa noite fascista” foram uma eternidade comparados com o fervilhar da vida em democracia e o turbilhão de acontecimentos dos últimos 48 anos.

26 de Fevereiro, 2022 - 21:45h

Na retórica preparatória da invasão da Ucrânia, Putin utilizou um argumento que deve fazer pensar quem, à esquerda, continua a apoiar a escalada belicista.

21 de Fevereiro, 2022 - 09:29h

Fixem a data: 11 de Fevereiro. Parece banal mas é uma gritante novidade que pode frutificar na selva laboral da imigração. Por Alberto Matos.

27 de Novembro, 2021 - 09:59h

A maior colheita de azeitona de sempre! Os títulos dos jornais e as reportagens não podiam ser mais encomiásticos. Quase sem dar por isso e apesar dos críticos do costume, viveríamos num mundo à beira da perfeição, não foram umas pequenas nuvens que sempre espreitam no horizonte.

6 de Julho, 2021 - 11:05h

Esta Resolução do Conselho de Ministros pode resumir-se numa expressão: SIMPLEX contentores. Pior era impossível, apesar de tudo o que este governo já nos habituou, por ação e omissão, face à agricultura intensiva no sudoeste e no Alqueva. Uma autêntica vergonha!

17 de Junho, 2021 - 19:59h

Não adianta chorar lágrimas de crocodilo pela situação miserável de milhares de trabalhadores imigrantes, nalguns casos a roçar o trabalho escravo, se se continuar a alimentar este modelo.

16 de Junho, 2020 - 23:46h

No passado dia 9 de Junho, por agendamento do Bloco de Esquerda, a Assembleia da República debateu e votou vários projetos de Lei e de Resolução (Bloco, PCP, PEV e PAN) que se propunham travar a expansão selvagem dos olivais e amendoais intensivos e superintensivos.

27 de Dezembro, 2019 - 22:24h

Continuam a ser plantados milhões de pés de olival. Num cenário de alterações climáticas a rega destas monoculturas é sustentável? Vai sobrar água com qualidade para abastecimento humano?

16 de Junho, 2017 - 10:27h

Em memória de Alípio de Freitas. O texto que se segue foi escrito no final de 2016 e incluído na coletânea “Palavras de Amigos”, a surpresa que reservámos ao Alípio e desvendada no almoço que comemorou os seus 88 anos, em 18 de Fevereiro.

13 de Setembro, 2016 - 15:34h

Ao ritmo frenético da propagação de incêndios que já consumiram mais de 1% da área do território, com destaque para a tragédia do Funchal, multiplicam-se as tomadas de posição de diversas entidades e partidos.

Páginas