Está aqui

Creche de Cedofeita vai encerrar, encarregados de educação contestam

A creche do Centro Social e Paroquial de Cedofeita, no Porto, deixará de prestar apoio a 42 crianças e o pré-escolar com 66 inscritos também encerra. Os motivos são carência económica e cortes de apoios da Segurança Social. Pais promovem manifestação esta terça-feira à tarde.
Creche da Cedofeita – Foto de centrosocialparoquialcedofeita.org
Creche da Cedofeita – Foto de centrosocialparoquialcedofeita.org

Segundo o Jornal de Notícias, os pais foram apanhados desprevenidos, não conseguem colocar os filhos noutras instituições e vão manifestar-se esta terça-feira no Largo do Prioridado, no Porto,

A notícia do fecho foi conhecida na passada terça-feira à noite, através de e-mail da direção do centro, e anunciava que as instalações da Creche e Pré-Escolar de Cedofeita vão fechar definitivamante a 31 de julho de 2021, devido a carência económica e cortes de apoios da segurança social.

Em comunicado, o centro social e paroquial refere que "o cumprimento dos encargos patronais tem sido possível graças a doações e empréstimos da Fábrica da Igreja de São Martinho de Cedofeita, que, movida por um espírito autêntico de caridade, acabou por esgotar os seus recursos financeiros em prol da missão da Instituição". O centro diz que a autonomia financeira está a ser condicionada por "fatores estruturais e de mercado" e que as contas já estão a saldo negativo há algum tempo, mas pais e mães afirmam que desconheciam esta situação e que não foram avisados atempadamente.

Kacerine Queiroz, mãe de uma das crianças, afirmou ao JN: "Estranhamos não termos sido informados dessa grave situação financeira mas queremos que se encontre uma solução. O centro histórico está a perder todos estes serviços sociais e o privado apresenta preços proibitivos para as famílias".

Brígida Lobo, também mãe de uma criança que frequenta a creche, afirma à Lusa: “Deram-nos a notícia muito em cima do tempo e não nos dão garantia de nada. Tivemos hoje uma reunião com os responsáveis, fizemos algumas questões e eles justificaram o encerramento com os valores em dívida há vários anos, em particular, à Segurança Social”.

Kacerine Queiroz disse ao JN: "Defendemos um plano B que passa por se conseguir manter a creche aberta durante um ano, até que apareça uma outra instituição interessada na gestão".

Segundo o jornal, a creche de Cedofeita tem 49 funcionários, e recebe 42 crianças: dez bebés, 15 com um ano e 17 com dois anos. O infantário e pré-escolar tem 66 crianças e também fechará.

Em comunicado enviado à Lusa, encarregados de educação anunciam a convocatória de uma manifestação para esta terça-feira, às 17h no Largo do Priorado, contra o encerramento das duas valências com capacidade para acolher mais de 100 crianças.

Termos relacionados Sociedade
(...)