Está aqui

Concentração em São João de Areias pela reabertura de extensão de saúde

A população da freguesia de São João de Areias, no distrito de Viseu, concentrou-se hoje para exigir o acesso a um médico que sirva a população. Falta de profissionais de saúde é um problema que se arrasta desde 2015.
Concentração em São João de Areias pela reabertura de extensão de saúde
Foto de Diego Garcia/Facebook.

Cerca de cinquenta habitantes da freguesia de São João de Areias, concelho de Santa Comba Dão, saíram hoje à rua em manifestação contra o risco de encerramento definitivo da extensão de saúde. O serviço público de saúde que serve esta freguesia encontra-se temporariamente encerrado desde o final de agosto por falta de médico.

Os habitantes explicam que a falta de médico nesta extensão de saúde do concelho de Viseu não é algo recente, mas sim um problema que se arrasta desde 2015, após a aposentação do médico de família que ali trabalhava há vários anos.

Como solução para este problema, o Agrupamento de Centros de Saúde (ACES) Dão Lafões recomenda que os utentes se desloquem ao centro de saúde de Santa Comba Dão. Porém, Santa Comba Dão encontra-se a sete quilómetros de distância, um percurso particularmente difícil para uma população maioritariamente envelhecida e com problemas de mobilidade.

Alguns utentes relatam a existência de consultas para análise de resultados de exames complementares de diagnóstico que são adiadas duas e três vezes.

Face a esta situação, o Bloco de Esquerda endereçou no passado dia 10 de setembro uma pergunta ao Ministério da Saúde procurando saber por que motivo se encontra encerrada a extensão de saúde de São João de Areias e que medidas urgentes irá o Ministério implementar para assegurar a abertura da extensão de saúde e garantir o seu normal funcionamento.

Termos relacionados Sociedade
(...)