Está aqui

José Gusmão

Eurodeputado e economista.

Artigos do Autor(a)

27 de Julho, 2021 - 21:37h

Se as regras inscritas no PEC vão ser alteradas por serem consideradas inadequadas, que sentido tem repô-las antes da alteração estar concluída? E com base em que critérios irá a Comissão usar “toda a flexibilidade existente”?

8 de Julho, 2021 - 21:04h

O debate do Fundo Social Europeu denuncia um paradoxo fundamental do chamado Pilar dos direitos sociais.

11 de Junho, 2021 - 14:32h

Se a desonestidade de Schäuble é importante de notar e desmontar, pois será disciplinadamente papagueada pelos austeritários nacionais, a sua preocupação com as desigualdades só pode ser entendida como uma piada de mau gosto.

1 de Junho, 2021 - 15:17h

A verdadeira inovação por detrás da aplicação é um novo modelo de relações laborais que combina financeirização, evasão fiscal e falsos empresários individuais. Por José Gusmão.

1 de Maio, 2021 - 11:02h

É difícil perceber o afã de António Costa numa frente tão improvável. E tão insustentável. É ainda pouco claro o que se retirará desta presidência portuguesa da UE. Mas parece que o slogan de António Costa de que, quando esta terminar o futuro do planeta estará melhor, é manifestamente exagerado.

7 de Março, 2021 - 16:44h

A atribuição a empresas privadas de direitos exclusivos sobre as vacinas para a covid-19, apesar de todo o financiamento e garantias públicas que viabilizaram o seu desenvolvimento, está a atrasar dramaticamente o ritmo de vacinação. Por José Gusmão.

15 de Janeiro, 2021 - 21:51h

Os dados mostram mesmo que a superioridade da gestão privada não passa de um mito. Há seis estudos oficiais sobre PPPs da saúde. Nenhum permite concluir que foram mais eficientes que o público - muito pelo contrário. Artigo de José Gusmão publicado em Ladrões de Bicicletas

21 de Julho, 2020 - 15:49h

O Governo aceitou um acordo que vai trazer muito dinheiro de empréstimo, num momento em que esse dinheiro é muito necessário. Mas foi exatamente isso que aconteceu com a Troika, com as consequências que conhecemos.

12 de Maio, 2020 - 15:32h

Mário Centeno tem razão ao afirmar que a resolução do Novo Banco foi "um sucesso". Só se esqueceu de dizer que o sucesso é da Lone Star.

6 de Maio, 2020 - 12:34h

A Alemanha não prescinde da soberania das suas instituições democráticas em nome das diretivas das instituições europeias. Tudo bem, mas também não mandem diretivas aos outros. Artigo de José Gusmão no Ladrões de Bicicletas.

Páginas