Está aqui

João Fraga de Oliveira

Inspector do trabalho aposentado. Escreve com a grafia anterior ao “Acordo Ortográfico”

Artigos do Autor(a)

13 de Novembro, 2018 - 14:52h

Certas primeiras páginas também se permitem fazer “greve” a certos conteúdos ou, pelo menos, ao seu tratamento (mais) completo para ser (mais) isento e imparcial.

8 de Novembro, 2018 - 22:36h

É óbvio que sim, pelo quanto é denunciada a referida intensificação do trabalho e a falta de profissionais de saúde no SNS.

12 de Outubro, 2018 - 19:25h

Com muita pompa e circunstância, foram inauguradas as novas instalações da "escola de negócios", perdão, New School of Business, sendo mais explícito (e em português ...) Faculdade de Economia da Universidade Nova de Lisboa.

29 de Setembro, 2018 - 10:47h

[O Tribunal] decidiu que os violadores, como criminosos, poderiam ficar em liberdade com pena suspensa”. Do ponto de vista da Justiça: [os juízes] enganaram-se. Redondamente, enganaram-se.

25 de Setembro, 2018 - 15:18h

No trabalho, ninguém está subordinado pessoalmente a outrem, aos seus caprichos, muito menos ao seu sadismo.

9 de Setembro, 2018 - 14:16h

Presumo que alguns leitores se intrigarão, se é que não se chocam (isto tem a ver com electricidade...) com este título.

21 de Julho, 2018 - 14:11h

O trabalho é central na vida das pessoas e na sociedade. E, por isso, a saúde de cada um e, em geral, a saúde pública está intima e biunivocamente relacionada com o trabalho.

30 de Junho, 2018 - 10:17h

Entre 1 de Janeiro e 31 de Maio, a GNR já levantou 1946 autos incidindo em infracções no domínio da “gestão do combustível”. Não se sabe qual vai ser o desenvolvimento deste processo coercivo.

25 de Maio, 2018 - 12:23h

Nos últimos três anos, as remunerações dos gestores de topo das empresas do PSI 20 aumentaram, em média, 40%. Enquanto que as remunerações dos trabalhadores das empresas que esses gestores gerem “aumentaram”, em média, zero por cento.

9 de Maio, 2018 - 10:16h

“Por que é que nascem tão poucas crianças? O que é preciso fazer para que nasçam mais crianças em Portugal?”

Páginas