Está aqui

EUA X China - A nova guerra tecnológica

A guerra comercial movida pela administração Trump contra a China agravou-se no último mês e ameaça ter repercussões graves na economia mundial. Neste dossier, mostramos que o que está em causa não é uma questão de espionagem, mas uma disputa pela hegemonia tecnológica em que a China, em diversas áreas, procura superar os Estados Unidos. Dossier coordenado por Luis Leiria.

A disputa atual foi provocada pelo avanço tecnológico que a Huawei conseguiu atingir nos equipamentos que darão base à quinta geração da Internet móvel (5G). Não só nessa, mas em muitas outras áreas da tecnologia, a China está a disputar a hegemonia norte-americana, fruto de um enorme investimento do governo em Investigação e Desenvolvimento. Quem o diz é a insuspeita revista de tecnologia do MIT, que dedica ao país asiático a sua edição de aniversário com o título “A China domina”.

Noutro artigo, mostramos como a ascensão de algumas empresas chinesas de Internet coloca sérios desafios às companhias norte-americanas líderes da digitalização nos últimos 20 anos. Uma das possíveis consequências da disputa atual é ocorrer uma divisão, ou “bifurcação” na Internet que conhecemos hoje.

Discutimos os resultados perversos que pode ter a combinação de alta tecnologia e regime ditatorial na China, em dois artigos com perspetivas diferentes: O que é o Sistema de Crédito Social na China? e Uma aterradora distopia em construção.

Outro terreno de disputa tecnológica entre as duas potências é o dos supercomputadores, como mostramos no artigo EUA impede vendas a fabricantes de supercomputadores chineses. Finalmente, fazemos o balanço das negociações EUA X China durante a reunião do G-20 no Japão: Washington Post: China saiu vitoriosa do G-20.

(...)

Resto dossier

EUA X China - A nova guerra tecnológica

A guerra comercial movida pela administração Trump contra a China agravou-se no último mês e ameaça ter repercussões graves na economia mundial. Neste dossier, mostramos que o que está em causa não é uma questão de espionagem, mas uma disputa pela hegemonia tecnológica em que a China, em diversas áreas, procura superar os Estados Unidos. Dossier coordenado por Luis Leiria.

EUA impede vendas a fabricantes de supercomputadores chineses

Decisão vem apenas confirmar: o que faz correr a administração da Casa Branca não é a segurança nacional ou a espionagem, mas a disputa da hegemonia tecnológica também na área dos supercomputadores. Por Luís Leiria.

Twit da Huawei: viragem de 180 graus (U-turn)

Washington Post: China saiu vitoriosa do G-20

Recuo de Trump ao retomar as negociações comerciais com Pequim leva o diário norte-americano a considerar a China a principal vencedora do embate que provocou uma guerra de tarifas. Os derrotados foram os “falcões” da Casa Branca. Por Luis Leiria.

"A China domina . Genes, chips, qubits1, foguetes, reatores, vigilância e areia – as ferramentas de uma superpotência em ascensão"

Uma superpotência em ascensão

Revista tecnológica do MIT expõe o enorme salto tecnológico feito pela China nas últimas três décadas e mostra como não é só na tecnologia 5G que os chineses estão na vanguarda.

As redes 5G (quinta geração) vão mudar drasticamente a Internet que conhecemos.

Guerra EUA X Huawei: quem vai definir o futuro da Internet móvel?

Com o pretexto da espionagem, os EUA atacam a empresa chinesa líder da tecnologia das redes 5G. Disputa é considerada a mais importante desde a corrida espacial entre EUA e URSS, ganha pela NASA ao pôr o primeiro homem na Lua. Por Luis Leiria.

A Alibaba é uma das empresas chinesas que alcançou tecnologicamente os gigantes do Vale do Silício.

Como a China desafia o Vale do Silício

A ascensão de algumas importantes empresas chinesas de internet coloca sérios desafios às companhias norte-americanas líderes da digitalização nos últimos 20 anos. Estas empresas ocupam lugares chave num capitalismo digital com marca chinesa. Por Florian Butollo e Philipp Staab.

Eric Schmidt: "bifurcação numa Internet controlada pela China e outra não chinesa, controlada pelos EUA”. Foto de Guillaume Paumier, CC-BY

Disputa pode provocar uma divisão na Internet

Ex-presidente da Google previu que a China poderá liderar uma “bifurcação” da rede mundial. Diferenças na tecnologia 5G podem acelerar essa tendência, acabando com a Internet tal como a conhecemos.

O que é o Sistema de Crédito Social na China?

Cidadãos e empresas recompensadas ou punidas pelo seu comportamento social: será isto um pesadelo saído de uma ficção distópica ou uma ferramenta para responsabilizar governantes e empresas? Artigo de Meg Jing Zen.

Quando o sistema estiver completo, as câmaras de vigilância registarão todos os passos dos cidadãos e a sua pontuação.

Uma aterradora distopia em construção

A combinação de alta tecnologia, capitalismo e regime ditatorial está a construir uma aterradora distopia: um “sistema de crédito social” onde cada um dos 1400 milhões de chineses participará de um ranking nacional, a partir de dados controlados pelo governo, e as suas atitudes farão a sua pontuação subir ou descer. Por Luis Leiria.