Está aqui

Francisco Louçã

Professor universitário. Ativista do Bloco de Esquerda.

Artigos do Autor(a)

4 de Novembro, 2018 - 15:57h

Italo Calvino viajou nos finais de 1959 para os Estados Unidos, onde ficou vários meses. Encantado com as conversas, as pessoas e as paisagens, descreveu as suas recordações em “Um Otimista na América”.

31 de Outubro, 2018 - 19:42h

Creio que se devia por os olhos na Maria Vieira para dirigir a direita. É preciso uma figura emergente, devota, impiedosa com os infiéis, amiga de armas, de créditos firmados na luta contra o socialismo pagão.

29 de Outubro, 2018 - 22:11h

Em 2015, a Comissão puniu a Grécia com austeridadepara evitar a contaminação. Contra a Itália a coisa fia mais fino.

27 de Outubro, 2018 - 17:20h

Nem uma palavra de Cristas sobre as ameaças, nem um comentário. É indiferente. A liberdade é para ela uma coisa tão relativa, não é?

25 de Outubro, 2018 - 23:09h

A banalidade, como o debate dos beijinhos ou dos eucaliptos, só narcotiza, o que já é grave, sobretudo quando a tensão está noutro lado, na ecologia do insulto e da mentira.

23 de Outubro, 2018 - 20:52h

Uma crise financeira não será uma surpresa. O problema é que o que os governos e os banqueiros centrais sabem serve de pouco.

21 de Outubro, 2018 - 12:37h

Se alguma coisa se aprendeu nestes anos recentes, é que o Governo tem que falar com outros protagonistas com experiência, vontade e capacidade de formular alternativas. Confiança a mais é erro de veterano que se comporta como principiante.

18 de Outubro, 2018 - 23:14h

Era difícil de imaginar que a voz das mulheres fosse escolhida como o bode expiatório dos fracassos da esquerda, da capitulação do centro e, sobretudo, do alinhamento da direita com um fascista no Brasil.

16 de Outubro, 2018 - 09:10h

O termo ‘populista’ passou a ser uma designação adversarial, identificando alguns estilos mais do que a política. Tornou-se uma arma de confusão maciça.

12 de Outubro, 2018 - 10:07h

A chave desta eleição, e ainda mais no Brasil, é trazer a alegria para a rua. Como é preciso abrir uma página nova, mais vale então enfrentar a onça, romper com o passado e buscar essa confiança.

Páginas