Está aqui

333306410608703

Canábis: Política proibicionista já provou ter falhado

O Bloco organizou uma conversa sobre a legalização da canábis para fins recreativos com Bruno Maia, João Taborda da Gama, Catarina Martins e Moisés Ferreira. A proposta bloquista sobre esta matéria será debatida esta quinta-feira no Parlamento e votada no dia seguinte.

Depois de aprovada a legalização da canábis para fins medicinais em 2018, o Bloco quer agora discutir a legalização da canábis para fins recreativos. Para isso, organizou uma conversa com Bruno Maia, João Taborda da Gama, Catarina Martins e Moisés Ferreira. O projeto de lei será debatido esta quinta-feira no Parlamento e votado no dia seguinte.

A política proibicionista como forma de abordar a questão das drogas já provou ter falhado. A solução repressiva não só não levou à redução do consumo das substâncias ilegalizadas como se traduziu em inúmeras consequências nefastas para a sociedade: criação de um mercado negro muito lucrativo que é explorado pelo crime organizado; manipulação da qualidade das drogas, o que coloca em risco a saúde dos consumidores; promoção de consumo desinformado de várias substâncias e aumento da incidência de doenças junto dos consumidores.