CIP

Nesta entrevista, o deputado bloquista José Soeiro explica o que está em causa com a proposta patronal de um "Pacto Social".

"Se os patrões quisessem aumentar salários, já o teriam feito", afirma Mariana Mortágua sobre a proposta da CIP de pagar salários sem descontar para impostos e Segurança Social, que considera "uma ofensa a quem trabalha". CGTP rejeita "artifícios" patronais e quer aumentos de 15% em 2024.