Breves e importantes notas

porAlexandra Manes

16 de abril 2022 - 22:03
PARTILHAR

Esta foi uma boa, muito boa, surpresa que me chegou, via CTT. Tramela Aberta é um projeto da Associação Corvo Vivo. Tomei conhecimento desta associação e deste jornal através das redes sociais.

Os coveiros da ilha das Flores

Por terras de Vera Cruz andou o Sr. Secretário da Agricultura e Desenvolvimento Rural, comemorando os 270 anos do povoamento de Santa Catarina, no Brasil. E eu que sempre pensei que o Brasil já era povoado quando os portugueses lá chegaram...

De lá veio a novidade de que seria instalada uma loja de venda de produtos açorianos (um espaço gourmet, dizem), resultado de um acordo entre o Prefeito da cidade e o Governo dos Açores. Muito bem! Só é pena que os nossos irmãos não tenham a hipótese de provar o queijo e a manteiga produzida pela Cooperativa Ocidental.

Enquanto o Sr. Secretário passeava, encantava e recebia a “limpeza” da Mãe de Santo, na nossa Região assistia-se ao último fôlego da icónica cooperativa, da ilha das Flores.

Tal e qual um nadador-salvador, o Sr. Secretário António Ventura, chegou, em fevereiro, às Flores e acenou com umas boias aos náufragos, deixando-los entre a espada e a parede.

Enquanto, nalgumas ilhas se defendem os seus produtos, aos agricultores das Flores foi-lhes dado um prazo para uma escolha… de forma muito resumida, Mota Amaral e Adolfo Lima foram os “pais” daquela Cooperativa após o encerramento da Fábrica Martins e Rebelo. Bolieiro e Ventura ficarão como os coveiros da ilha das Flores.

Brutus – o coveiro da bancada parlamentar do PSD

Quem esteve atento/a ao plenário de março percebeu o mal estar e a insatisfação naquela bancada pela clara falta de liderança, falta de coordenação e de comunicação com o Governo Regional.

Quando algumas pessoas esperavam que o líder da maior bancada de apoio ao Governo Regional, acompanhasse o Presidente da Assembleia Legislativa Regional, na visita oficial, à ilha Graciosa, foi vê-lo pelo Brasil... Escolhas, dirão.

Há mesmo quem diga que entre os egos que sustentam o Governo Regional, este é mesmo o Ego Mor!

Uma coisa é certa, tão importante como a remodelação do Governo e a bem da credibilidade desta bancada é necessária uma remodelação do seu líder.

Posso não concordar politicamente com o PSD, mas reconheço-lhe a importância numa democracia.

Tramela Aberta – a surpresa

Esta foi uma boa, muito boa, surpresa que me chegou, via CTT. Tramela Aberta é um projeto da Associação Corvo Vivo. Tomei conhecimento desta associação e deste jornal através das redes sociais.

Assumo que, inicialmente, duvidei do projeto. No entanto, bastou folhear o jornal para ter uma agradável surpresa! Aprendi que com pouco se pode fazer muito! E é neste pouco que a Associação Corvo Vivo consegue um jornal com 24 páginas e que cativa a/o leitor desde a primeira página.

A mim, nascida e criada na ilha ao lado, fez-me reviver as lembranças de uma adolescência e juventude repartida também pelo Corvo.

Este projeto abarca todas as gerações, todas as áreas e envolve as pessoas nos diversos recursos estilísticos.

Fala do passado, do presente e do futuro! Eu já assinei este jornal trimestral e recomendo que o façam!

Parabéns à Associação Corvo Vivo!

Alexandra Manes
Sobre o/a autor(a)

Alexandra Manes

Deputada do Bloco de Esquerda na Assembleia Regional dos Açores. Licenciada em Educação. Ativista pelos Direitos dos Animais. Coordenadora do Bloco da Ilha Terceira
Termos relacionados: