Está aqui

13 de outubro é dia de voltar à rua

No próximo sábado, a contestação volta às ruas de todo o país. “Que se lixe a Troika, queremos as nossas vidas” é o mote para uma manifestação onde a cultura se junta à resistência, com concertos de Camané, Deolinda, Dead Combo, A Naifa, Diabo a Sete, Peste e Sida, Janita Salomé, Brigada Vitor Jara ou Rádio Macau.

“Que se lixe a Troika – Manifestação Cultural” é a designação da manifestação que no próximo sábado vai voltar a juntar milhares de pessoas na rua contra a troika, em defesa das nossas vidas e do nosso futuro.

Diversos profissionais da arte e da cultura juntaram-se a alguns dos subscritores da convocatória das manifestações de 15 e 21 de setembro para convocar um novo evento, desta feita, uma iniciativa em que a cultura se justa à resistência.

Lisboa, Porto, Viseu, Aveiro, Braga, Caldas da Rainha, Faro ou Évora são apenas algumas das cidades que no próximo sábado vão receber estas manifestações.

Em Lisboa, o evento conta com a participação de artistas como Camané, Dead Combo, Carlos Mendes, Deolinda, Rádio Macau, Vitorino, Janita Salomé, A Naifa, Diabo a Sete, Peste e Sida, Chullage ou Quarteto Lopes Graça.

Esta é uma iniciativa única, que alia a arte e a cultura à manifestação, congregando vozes contra a austeridade, a Troika e o governo Passos/Portas que implementa esta política que nos rouba a vida, a esperança e o futuro.

Este é o governo que acabou de anunciar um brutal aumento de impostos sobre quem trabalha, esmagando ainda mais os rendimentos do trabalho em favor do capital. Este é o governo responsável por uma taxa de desemprego superior a 16%. Este é o governo que nos diz que o futuro é emigrar. Este é o governo que nos chama piegas, cigarras que não querem trabalhar. Este é um governo que nos insulta e desrespeita todos os dias. Este é o governo que destrói as nossas vidas, o nosso futuro, a nossa dignidade. Este governo tem que ir para a rua!

Portanto, no dia 13 de outubro voltamos à rua para dizer não ao roubo das nossas vidas, Voltamos à rua para lutar pelo nosso futuro!

Que se lixe a Troika! Queremos as nossas vidas!

Sobre o/a autor(a)

Ativista contra a precariedade. Dirigente do Bloco de Esquerda.
Comentários (2)