Está aqui

Ignacio Ramonet

Jornalista. Diretor da edição espanhola do Le Monde Diplomatique. Foi diretor da edição francesa entre 1990 e 2008.

Artigos do Autor(a)

11 de Abril, 2014 - 00:42h

Em termos de potência financeira, face aos mastodontes das telecomunicações, a imprensa escrita (mesmo com os seus sites web), pesa pouco. Cada vez menos. Mas continua a ser um indispensável fator de alerta e de denúncia. Em particular dos abusos que os novos gigantes das telecomunicações cometem quando espiam as nossas comunicações. Por Ignacio Ramonet

26 de Fevereiro, 2014 - 15:39h

A facção mais direitista da oposição venezuelana, ligada aos EUA e liderada pelo ex-golpista Leopoldo López, aposta agora num golpe de Estado lento.

3 de Janeiro, 2014 - 00:03h

O diretor da edição espanhola do Monde Diplomatique e autor da biografia “Cem Horas com Fidel”, voltou a encontrar-se com Fidel Castro em dezembro.

24 de Novembro, 2013 - 00:42h

Cinquenta anos após a morte de Aldous Huxley, a sua obra alerta: o avanço científico pode ser, em sociedades desiguais e mercantilizadas, o caminho para barbárie. Artigo de Ignacio Ramonet.

7 de Julho, 2013 - 18:00h

O que é a mega-rede global de espionagem montada pelos EUA. Como os cidadãos são monitorizados. Por que a denúncia de Edward Snowden é um facto histórico. 

11 de Maio, 2013 - 10:00h

O documento elaborado pela CIA, de quatro em quatro anos, no início de cada novo mandato presidencial nos Estados Unidos, e que Barack Obama recebeu ao tomar posse do seu segundo mandato, tem o título: Global Trends 2030. Alternative Worlds (Tendências mundiais 2030: novos mundos possíveis). Que nos diz? A principal constatação é: o declínio do Ocidente. Artigo de Ignacio Ramonet

1 de Janeiro, 2013 - 19:41h

Se contemplarmos, neste princípio de ano, um mapa do planeta, imediatamente observamos vários pontos com luzes vermelhas acesas. Quatro deles apresentam altos níveis de perigo: Europa, América Latina, Médio Oriente e Ásia.

15 de Setembro, 2012 - 00:56h

Estamos a assistir à grande batalha do Mercado contra o Estado. Chegámos a um ponto em que o Mercado, na sua ambição totalitária, quer controlar tudo: a economia, a política, a cultura, a sociedade, os indivíduos...

8 de Maio, 2012 - 19:07h

Que acontecerá se Hollande mantiver a sua ideia de tirar a Europa da “opressão austeritária” e da recessão, impulsionando reformas estruturais e estimulando o crescimento? Por Ignacio Ramonet

4 de Abril, 2012 - 11:06h

Todas as sondagens apontam para a vitória de François Hollande na segunda volta, mas restam ainda várias semanas de campanha e muita coisa pode acontecer. O entusiasmo provocado por Jean-Luc Mélenchon deu uma nova esperança às classes trabalhadoras, aos militantes veteranos e a milhares de jovens indignados. Por Ignacio Ramonet.

Páginas