Está aqui

Guillermo Almeyra

Historiador, investigador e jornalista. Doutor em Ciências Políticas (Universidade de París VIII), professor-investigador da Universidade Autónoma Metropolitana, unidade Xochimilco, do México, professor de Política Contemporânea da Faculdade de Ciências Políticas e Sociais da Universidade Nacional Autónoma do México. Jornalista do La Jornada do México.

Artigos do Autor(a)

7 de Julho, 2018 - 16:00h

Qualquer concessão importante que AMLO faça à sua base — e deverá fazê-las — provocará a saída do círculo governamental de uma parte dos direitistas refugiados no Morena e aumentará o temor de Washington. Artigo de Guillermo Almeyra.

16 de Agosto, 2015 - 21:44h

O governo brasileiro está encostado às cordas, o uruguaio enfrenta uma exitosa greve geral, na Venezuela há saques, na Bolívia explosões com dinamite e protestos indígenas. Que se passa com os governos progressistas?

27 de Abril, 2015 - 15:02h

Os Estados Unidos ainda são a primeira potência militar e financeira mundial, mas perdem velocidade e o falhanço na sua política colonialista alimenta essa decadência da sua hegemonia.

23 de Março, 2015 - 00:53h

É ridículo que a Venezuela (ou qualquer outro país latino-americano) possa constituir uma ameaça à segurança da primeira potência mundial e justifique uma emergência nacional dos Estados Unidos.

24 de Novembro, 2014 - 11:54h

As manifestações, marchas e protestos encurralaram e puseram na defensiva o presidente Peña Nieto, põem a nu a sua ilegitimidade e acentuam o seu descrédito internacional.

18 de Novembro, 2014 - 00:06h

Uma frente única contra Peña Nieto e o governo oligárquico pró-imperialista poderá impor a expulsão do Presidente e um governo provisório que organize eleições gerais limpas para uma assembleia constituinte.

13 de Novembro, 2014 - 13:11h

O Estado mexicano não é mais que um semiestado em descomposição acelerada. Uma mudança só é possível se se mobilizarem amplas massas por um programa comum imediato e uma alternativa democrática possível.

26 de Outubro, 2014 - 01:26h

Neste domingo, na segunda volta das eleição presidencial brasileira e na primeira uruguaia, joga-se muito mais do que o futuro equilíbrio político nos respetivos países.

8 de Outubro, 2014 - 23:28h

Hong-Kong é uma das mais prósperas cidades chinesas, mas um quinto da sua população vive abaixo do limiar da pobreza. As contradições criam uma mistura explosiva de reivindicações democráticas, laborais e salariais.

23 de Setembro, 2014 - 00:05h

A união entre a visão milenarista de setores populares, um legítimo afã de lutar pela libertação nacional e as liberdades e direitos culturais pisados durante séculos e o protesto contra a crise causada pelo capitalismo provocaram esta onda internacional de independentismo.

Páginas