Está aqui

Da luta pela igualdade de direitos

“Não ando com um cartaz. As pessoas heterossexuais também não andam”. Tão simples e tão direto. A absoluta normalização de algo que deve ser perfeitamente banal: amarmos quem quisermos, em liberdade e sem medos.

Crónica de Isabel Pires

Para não perder nenhum programa, subscreva o podcast via iTunes ou RSS.

Termos relacionados Falam, falam, mas não fazem nada