Está aqui

Procuradores norte-americanos vêm a Portugal ver como funciona a descriminalização

Em destaque nesta edição do Quatro e Vinte está a visita a Portugal de duas dezenas de procuradores de grandes cidades norte-americanas, que vão reunir com responsáveis pela política de toxicodependência e visitar centros de tratamento e unidades de distribuição de metadona. O objetivo é ver de perto como foi aplicada a abordagem portuguesa de combate à toxicodependência e levar os bons exemplos para as suas cidades.


Para não perder nenhum programa, subscreve o podcast via iTunes (link is external) ou RSS (link is external).


Outras notícias em destaque são o investimento lançado com a presença do governo em Campo Maior para uma plantação e unidade de transformação de canábis, a cargo de uma empresa com capitais canadianos e israelitas, o ataque de Matteo Salvini às lojas que vendem CBD em Itália, a adesão crescente ao programa de canábis medicinal na Dinamarca e um avanço legislativo à vista para o uso terapêutico na Ucrânia. Nos Estados Unidos, a legalização para fins recreativos está num impasse nos Senados de Nova Jérsia e de Nova Iorque, cidade que quer proibir os testes de urina feitos pelas empresas para detetar a presença de canábis no organismo dos seus trabalhadores. E um novo estudo desmente os mitos à volta do suposto aumento da criminalidade nas zonas onde abrem dispensários ou lojas que vendem canábis. 

Termos relacionados Quatro e Vinte