Está aqui

Eu, feminista, voto Marisa Matias

Sim, apoio Marisa Matias porque é uma Mulher. Não apoiaria uma mulher apenas por ser mulher. Mas também apoio a Marisa porque é mulher e isso não é irrelevante.

A noite não convidava a sair, fria e húmida e ainda por cima uma segunda-feira. Mas o jantar de apoio a Marisa Matias fez-nos abandonar o calor da lareira ou da salamandra. Estamos em campanha eleitoral para a Presidência da República e isso só acontece de 5 em 5 anos.

Apoio Marisa Matias porque ela coloca a Constituição da República no centro da sua candidatura. A Constituição que travou medidas da austeridade, que foi sinónimo de resistência nos tempos difíceis que o país atravessou

E muitos e muitas não puderam estar presentes. Quando convidados não disseram simplesmente “não posso ir”. Enviaram o seu apoio, o seu abraço e, antes que terminasse a conversa, numa palavra disseram o que importa – Força.

Marisa, não sei quantas vezes já ouviste essa palavra,… Mas tenho a certeza que a continuarás a ouvir e Força, hoje, significa que temos que convocar todo o nosso empenho, toda a nossa responsabilidade para contribuir para a onda que tiveste a coragem de iniciar e que estou certa daqui até ao dia 24 de Janeiro, congregará as alegrias, as energias de quem quer construir e não destruir, distribuir e não centralizar, unir e lutar pela igualdade. Dito em três palavras – defender este povo – esta é a primeira razão que encontro para apoiar a tua candidatura.

Agradeço à Marisa o convite para falar neste jantar. Para tomar a palavra e dizer porque é que apoio esta candidatura.

Porque é que apoio Marisa Matias? Muitos dizem, porque é do teu partido. E eu digo, sim porque é do meu partido.

E acrescento, porque esta candidata escolhe a verdade, sem subterfúgios. E a verdade é tudo em política. Ter a confiança de que uma candidata nos diz a verdade é fundamental. Sem medo de polémicas, sem necessidade de agradar… A verdade ajuda a construir, meias verdades ou verdades convenientes corroem a política.

Outros dizem: apoias por que ela defende muitas das tuas ideias políticas… Claro, mal fora se fosse diferente…

E acrescento: porque esta candidata assume as suas posições políticas. Diz ao que vem. Mais algum candidato ou candidata teve uma posição clara sobre o que faria com um orçamento retificativo que mais uma vez coloca num banco o dinheiro de todos nós?

Não se refugia em promulgar à primeira ou promulgar à segunda. Marisa Matias conhece bem os limites dos poderes da Presidente da República.

Assume a sua posição e dá-nos a garantia de que quando votarmos conhecemos as suas posições e mais, a garantia de que não assinará nada de cruz e não hesitará naquilo que é fundamental no exercício da presidência da república – fomentar o debate, questionar as decisões e contribuir para encontrar outros caminhos

Assume a sua posição e dá-nos a garantia de que quando votarmos conhecemos as suas posições e mais, a garantia de que não assinará nada de cruz e não hesitará naquilo que é fundamental no exercício da presidência da república – fomentar o debate, questionar as decisões e contribuir para encontrar outros caminhos.

E se precisamos de encontrar outros caminhos…

As inevitabilidades já eram. São do passado e esta candidatura é uma candidatura virada para o futuro.

Apoio Marisa Matias porque ela coloca a Constituição da República no centro da sua candidatura. A Constituição que travou medidas da austeridade, que foi sinónimo de resistência nos tempos difíceis que o país atravessou.

Marisa Matias fala da Constituição com propriedade porque esteve do lado certo quando foi preciso abrir a porta que levou às decisões do Tribunal Constitucional sobre os Orçamentos de Estado. Não foi deputada constituinte… mas sabe o que significou levar um orçamento de estado ao Tribunal Constitucional, mesmo em minoria, em 2012.

Mas a pergunta continua, é só por isso que apoias Marisa Matias?

Sim, apoio Marisa Matias porque é uma Mulher.

Não apoiaria uma mulher apenas por ser mulher. Mas também apoio a Marisa porque é mulher e isso não é irrelevante.

É mesmo muito importante.

Em 42 anos de democracia só em duas eleições presidenciais concorreram mulheres. Em 1986 apoiei Maria de Lurdes Pintasilgo. Em 2016 quero estar do lado certo. Vou votar Marisa Matias, por muitos motivos, mas também porque é mulher

Faltam as palavras quando Alexandra Lucas Coelho já disse tudo ou quando Diana Andringa é tão clara no seu apoio.

Marisa Matias não faz da cidadania uma muleta da sua campanha.

Não se coloca em bicos de pés para falar pelas mulheres, não invoca a sua imensa experiência como se fosse uma coisa do divino.

Eu sou feminista e como feminista apoio uma mulher que não fala pelas mulheres, fala com as mulheres e sobretudo dá-lhes a palavra.

Como feminista apelo a todas as mulheres que se recusem a dar o seu voto a um candidato que subscreveu uma iniciativa que poderia ter sido Lei, que queria obrigar as mulheres que decidem abortar a assinar a ecografia, a sua própria ecografia. Marcelo Rebelo de Sousa deu o seu apoio, expresso, com a sua assinatura, a uma iniciativa legislativa de cidadãos, retrógrada, obscurantista, vingativa contra as mulheres. Obrigar uma mulher a assinar a sua própria ecografia quando ela decidiu interromper a gravidez só pode ter uma classificação – terrorismo sobre as mulheres.

Estamos no início da campanha eleitoral. Nada está decidido. Ninguém está melhor colocado para a segunda volta.

Eu, feminista, só posso ter uma escolha. Em 42 anos de democracia só em duas eleições presidenciais concorreram mulheres. Em 1986 apoiei Maria de Lurdes Pintasilgo. Em 2016 quero estar do lado certo. Vou votar Marisa Matias, por muitos motivos, mas também porque é mulher.

Vai valer a pena!

(Texto baseado na intervenção no Jantar de Apoio a Marisa Matias, no Entroncamento, 11 de Janeiro de 2015)

Sobre o/a autor(a)

Dirigente do Bloco de Esquerda. Vereadora da Câmara de Torres Novas. Animadora social.
(...)