You are here

Pesquisar

Artigo | 16 de February

Um grupo de investigadores, deputados, funcionários públicos e economistas iraquianos vai lançar um site, denominado "Iraq Leaks", destinado a denúncias de corrupção e suborno em ministérios, agências governamentais, no exército e na polícia.

Artigo | 14 de February

O efémero vice-Presidente egípcio Omar Suleiman prometeu a Israel, em 2005, que iria impedir que o Hamas alcançasse o controlo da Faixa de Gaza, segundo as revelações da WikiLeaks desta sexta-feira.

Artigo | 14 de February

No dia 1 de Março de 2008, o exército colombiano cruzou sem autorização a fronteira com o Equador e atacou um acampamento das Forças Armadas Revolucionárias de Colômbia (FARC) no país vizinho. Nesta acção militar morrem quatro estudantes mexicanos, além de vários guerrilheiros. A Colômbia acusou estes estudantes de serem contactos das FARC no México, mas num telegrama divulgado esta segunda-feira a embaixada dos EUA acha que não tinham relação nenhuma.

Artigo | 14 de February

É óbvio qb, mas vale sempre a pena repetir: o que é crucial em termos políticos não é a personalidade ou o penteado de Julian Assange, mas as revelações da WikiLeaks. Mais não seja porque se há muitos especialistas que se gabam de "não aprender nada de novo", isso não é verdade para a maioria dos cidadãos.

Artigo | 14 de February

Declaração do advogado de defesa de Manning: "Os dados supostamente copiados por Manning revelaram casos claros de crimes de guerra cometidos por tropas dos EUA no Iraque e Afeganistão, práticas disseminadas de tortura cometidas pelas autoridades iraquianas com o pleno conhecimento dos EUA, as estimativas previamente desconhecidas do número de civis iraquianos mortos em postos de controle militar dos EUA, e o número de mortes em massa de civis iraquianos causada pelo invasão americana."

Artigo | 13 de February

Grande correcção do Post sobre Bradley Manning, tão importante que é rotulada como uma nota do editor. Um artigo de 2 de Fevereiro afirmava incorrectamente que numa investigação do Exército sobre a fuga de material classificado pela WikiLeaks um especialista em saúde mental tinha recomendado que o soldado que mais tarde foi acusado de vazar os arquivos não fosse enviado para o Iraque.

Artigo | 13 de February

Hussei Tantawi, ontem apontado como responsável por liderar o Egipto no período de transição para a democracia, é referido em telegramas da WikiLeaks como sendo contra quaisquer reformas políticas ou económicas e avanços na área dos direitos humanos. Os diplomatas americanos consideram-no um "cãozinho" intransigentemente leal a Mubarak, o que explica a sua ascensão política e militar, apesar da reconhecida incompetência como ministro da Defesa.

Artigo | 13 de February

Em 2007, os bancos argentinos aceitaram conceder créditos baratos para favorecer a popularidade de Nestor Kirchner. Os EUA estavam cientes deste favor eleitoral da banca argentina, e das contrapartidas, em Fevereiro de 2008, data do telegrama da embaixada dos EUA em Buenos Aires, agora publicado pela WikiLeals.

Artigo | 13 de February

É um projecto de jornalismo colaborativo, com base na rede social Twitter, onde se pode encontrar um excelente resumo de tudo o que é publicado sobre a WikiLeaks a temas relacionados.

Artigo | 10 de February

Hosni Mubarak disse a Dick Cheney, o ex-vice-presidente dos EUA,"três ou quatro vezes" para não depor Saddam Hussein, de acordo com telegramas divulgados pela WikiLeaks. Foi em Dezembro de 2008: "vocês não serão capazes de sair e vão afogar-se no Iraque" disse aos diplomatas EUA.

Artigo | 10 de February

Fontes próximas/dissidentes da WikiLeaks vieram a público defender que as revelações prometidas, ao que tudo indica sobre o Bank of America, não são de facto bombásticas ou sequer actuais. Julian Assange terá concordado. Mas pergunta-se já por aí: nesse caso, para quê tanto empenho dos bancos em prepararem-se para o "ataque"?...

Artigo | 10 de February

Telegramas divulgados pela WikiLeaks comprovam que o FBI treinou o exército egípcio, ciente de denúncias de práticas de tortura, brutalidade e perseguição política de opositores de Hosni Mubarak.

Artigo | 9 de February

Sadad al-Husseini, ex-vice-presidente executivo de Exploração e Produção da Saudi Aramco, que mantém laços estreitos com os executivos da companhia, acredita que a petrolífera saudita tem sobrestimado a sua capacidade de aumentar a produção e será incapaz de alcançar o objectivo declarado de 12,5 milhões de barris por dia, de forma sustentável, até 2009. Isto poderia aumentar o preço do petróleo, uma das maiores preocupações dos EUA.

Artigo | 9 de February

Greg Mitchell publica um blogue sobre a WikiLeaks no site do The Nation, e é provavelmente a melhor fonte para quem queira acompanhar o assunto de perto. A propósito do lançamento do livro The Age of WikiLeaks, o primeiro a ser editado sobre a saga, dá uma entrevista ao Business Insider, focada sobretudo na relação com o jornalismo.

Artigo | 9 de February

Bjorn Hurtig, advogado de Julian Assange no processo na Suécia, testemunhou na audição em curso em Londres. Entre outras coisas, enumera falhas processuais, que põem em causa o direito a um julgamento justo e isento, e denuncia factos que indiciam vontade de "vingança" e interesses pessoais das alegadas vítimas.

Artigo | 9 de February

Telegramas de Agosto de 2008 divulgados pela WikiLeaks mostram que o actual vice-presidente egípcio, apontado como o sucessor natural de Hosni Mubarak, agrada aos israelitas.

Artigo | 8 de February

A equipa de advogados de defesa de Julian Assange recorreu a uma aplicação no Facebook para recolher fundos para as despesas legais.

Artigo | 8 de February

Quem censura a Internet e quanto? Essa pergunta é feita pela OpenNet, e os resultados da sua pesquisa podem ser lidos aqui.

Artigo | 8 de February

O diário gratuito espanhol 20 Minutos, que começa hoje a divulgar telegramas da WikiLeaks, publicou um A a Z sobre a WikiLeaks.

Artigo | 8 de February

Um documento publicado pela Força Aérea dos EUA diz expressamente que aceder, mesmo por meios legais, a informação classificada continua a constituir crime, pelo que qualquer cidadão americano, sobretudo soldados ou familiares, pode enfrentar processos legais apenas por consultar material publicado pela WikiLeaks.

Pages