Está aqui

“O medo” é o conto da semana

O verdadeiro medo é como uma reminiscência dos fantásticos terrores primitivos.

Henry René Albert Guy de Maupassant (1850-1893) foi um escritor e poeta francês. Além de romances e peças de teatro, Maupassant deixou 300 contos. Merecem destaque, entre os mais famosos romances, “Bel Ami”, “Mademoiselle Fifi” e “Bola de sebo”. "A Pensão Tellier" e "O Horla" podem ser considerados os seus contos mais significativos.

Faleceu no manicómio pouco antes de completar 43 anos, após uma tentativa de suicídio originada de perturbações causadas pela sífilis que o atormentou por mais de uma década.  

AnexoTamanho
PDF icon O medo81 KB

Sobre o/a autor(a)