You are here

Esquerda com Memória

A Revolução de Abril na imprensa italiana

April 24, 2022

Por singular coincidência, no dia 25 de Abril, em Itália, comemora-se o derrube definitivo do fascismo de Mussolini, em 1945. Por isso, na imprensa italiana de 26 de Abril de 1974, surge uma inevitável ligação entre os dois acontecimentos. Por Álvaro Arranja.

International Workers Branch: um sindicato de imigrantes

March 13, 2022

Sacuntala de Miranda, ex-exilada política portuguesa em Londres, foi uma das fundadoras, em 1971/1972, deste sindicato, que albergava trabalhadores imigrantes de todas as nacionalidades. O Esquerda.net transcreve o artigo da historiadora e combatente pela Liberdade, datado de maio de 2002, sobre esta experiência.

 

Independência do Haiti: Culminar de um processo revolucionário de emancipação dos escravos

March 13, 2022

A 1 de janeiro de 1804 nasceu a primeira República Negra da História da humanidade. Mas a Revolução dos Escravos de São Domingos, contra a desumanidade e a barbárie da escravatura e do colonialismo, continua a ser condenada ao silenciamento. Por Mariana Carneiro.

Du Bois, o sociólogo antirracista

February 23, 2022

Para W. E. B. Du Bois  (23 de fevereiro de 1868 - 27 de agosto de 1963), a questão racial era central na investigação e na luta social e política. Travou a luta pela emancipação do povo negro quer nos EUA, quer à escala internacional. Por Bruno Góis.

Antifascismo e educação em Portugal, Espanha e Itália

February 13, 2022

Os quatro professores, Camilo Berneri, Carmelo Salanitro, Matías Uribes e Alberto Araújo, tinham consciência de pertencer a um mesmo coletivo antifascista, que ultrapassava fronteiras nacionais e políticas. Por Margarita Ibáñez Tarín.

Júlio Silva. Foto da página da Voz do Operário.

Voz do Operário evoca Júlio Silva e a conquista do direito à folga semanal

February 5, 2022

O sindicalista nasceu há 150 anos e foi o líder histórico da Associação de Classe dos Caixeiros de Lisboa, um dos grandes sindicatos da época. Para além da sua ação determinante para estes trabalhadores conquistarem o direito a um dia de folga semanal, destaca-se o papel na frente antifascista chamada Aliança Republicana-Socialista.

Celebrar a vida, obra e pensamento de Nuno Teotónio Pereira no seu centenário

February 1, 2022

A página dedicada ao arquiteto e ativista pretende “manter viva a sua persistência em compreender o que nos rodeia e em lutar pela justiça, contra todas as desigualdades”.

O colapso do imperialismo no Vietname

January 27, 2022

A 27 de janeiro de 1973 era assinado o acordo de Paz, que cobria a retirada das tropas dos Estados Unidos, após uma derrota militar face a uma guerrilha popular. O uso de bombardeamentos maciços, incluindo de napalm, foi o distintivo terrível desta agressão. Por Luís Fazenda.

Angela Davis - Imaginar Novos Mundos

January 26, 2022

Angela Davis é uma das mais relevantes feministas críticas contemporâneas. A sua história biográfica e política, a partir da qual escreve, tem um potencial metodológico e epistemológico poderoso e disruptivo. Este texto tem, pois, esse propósito: regressar às ideias, perceber e refletir sobre o seu potencial subversivo e transformador. Por Andrea Peniche.

Cristiano Lima [Vida Mundial Ilustrada, 3/1/1946, p.2]

Cristiano Lima e os jornalistas contra Salazar

January 8, 2022

Foi um dos repórteres mais brilhantes da sua geração, dramaturgo, dirigente sindical e associativo e militante antifascista. Mas o 50º aniversário da sua morte passou despercebido. Por Miguel Pereira.

Amílcar Cabral propõe negociações. Salazar opta pela guerra

December 15, 2021

Há 60 anos, dois anos antes do início da guerra na Guiné em 1963, o PAIGC enviou ao governo de Salazar uma proposta de negociações visando o início de uma via pacífica para a autodeterminação e independência da Guiné e Cabo Verde. Por Álvaro Arranja.

Oficinas de carpinteiros de molde do Arsenal do Alfeite. Foto de Ilustração Portuguesa.

Voz do Operário evoca os 110 anos do antigo sindicato do Arsenal da Marinha

December 13, 2021

Foi um dos grandes sindicatos operários da cidade de Lisboa, nasceu em 1911 e subsistiu até que a ditadura salazarista o dissolveu. No seu seio se reuniram destacados militantes da causa operária. A Voz do Operário lembra aqui alguns deles.

Ramada Curto em 1961. Foto do Arquivo Nacional Torre do Tombo.

Ramada Curto, 60 anos depois

December 4, 2021

Advogado de causas sindicais, ministro socialista, resistente anti-fascista mais tarde. Continuou até ao fim da vida “a ser socialista, a pensar socialista” e a defender a liberdade, de organização sindical, de imprensa e política. Por Miguel Pereira.

Vendedora ambulante e empregada doméstica. Também na foto, Teófilo Braga, chefe do governo, a caminho de casa. Ilustração Portuguesa, 1910, 24 de Outubro - Arquivo fotográfico Muncipal de Lisboa, cota: JBN002298

Cem anos da greve das criadas

November 23, 2021

Há cem anos, as empregadas domésticas de Lisboa revoltaram-se contra a imposição de uma caderneta cadastral. Formaram o seu primeiro sindicato e, perante a violência e os preconceitos da República burguesa e patriarcal, avançaram para o que hoje se chamaria "visibilidade". Por Jorge Costa.

Fotografa aérea de 1937 do Campo de Concentração do Tarrafal.

29 de outubro de 1936: Chegam ao Tarrafal os primeiros presos políticos

October 29, 2021

Entre 1936 e 1954, passaram pelo "Campo da Morte Lenta" 340 presos políticos portugueses. Destes, 32 morreram no local. A partir de 1961, o campo passou a acolher presos ligados aos movimentos anticolonialistas e registaram-se mais quatro mortes. Muitos outros não resistiram às sequelas e faleceram após serem libertados. Por Mariana Carneiro.

A "Noite Sangrenta"

October 19, 2021

A “Noite Sangrenta”, episódio ocorrido entre o dia 19 e a madrugada de 20 outubro de 1921, encheu de horror a opinião pública nacional e internacional e marcou o futuro da I República de forma irreversível. Por Luís Farinha.

Jaime Rebelo e o anarquismo ibérico

October 10, 2021

A história do anarquismo português está intimamente ligada à história do anarquismo espanhol desde as suas origens. Desde o início do movimento operário, as relações entre os anarquistas portugueses e espanhóis foram muito estreitas. Por Margarita Ibañez Tarín.

Primeira publicação da letra e música da Internacional. Imagem: wikimedia commons.

A Internacional faz 150 anos

September 12, 2021

A Internacional é um poema escrito em 1871 por Eugène Pottier, operário e poeta, participante destacado na Comuna de Paris. Só em 1888, Pierre Degeyter compõe a música do hino que se tornará símbolo universal das lutas dos trabalhadores. Em Portugal foi traduzido em 1909, pelo anarcosindicalista Neno Vasco. Por Álvaro Arranja.

A batalha de Kursk

August 23, 2021

A batalha de Kursk  (5 de Julho a 23 de Agosto de 1943) foi a batalha que confirmou a viragem estratégica da guerra na Frente Leste entre a Alemanha hitleriana e a União Soviética. Por Raimundo Narciso.

Samuel Chiwale: a autobiografia de um histórico da Unita

August 10, 2021

O testemunho pessoal do ex-Comandante Geral da UNITA, na altura conselheiro político do presidente Isaías Samakuva, conta quatro décadas de guerra e liga a sua vida à história contemporânea de Angola. Por Marta Lança.

Vilar de Mouros 1971 e política do movimento

August 8, 2021

A componente juvenil do Festival de Vilar de Mouros, que decorreu no Minho em 7 e 8 de Agosto de 1971, sob o lema «Cultura e juventude ao alcance de todos», constituiu um momento no qual, do ponto de vista simbólico, a tensão entre imobilismo e viagem se mostrou de forma notável. Por Rui Bebiano, publicado no blogue A Terceira Noite.

A Alemanha e a Revolução dos Cravos. Uma investigação sobre a Fundação Ebert

August 7, 2021

A República Federal da Alemanha (RFA) foi o país europeu que mais activamente apoiou a ditadura salazarista. E foi também o país europeu de onde a oposição antisalazarista recebeu um apoio mais substancial. Compreender o paradoxo é meio caminho andado para compreender o papel decisivo da RFA no processo de controlar e dominar a Revolução dos Cravos. Por António Louçã.

Proletários galegos em Lisboa: A batalha de Monsanto

July 16, 2021

Não é um facto muito conhecido, mas os protagonistas das primeiras greves que se registaram em Portugal foram emigrantes que saíram da Galiza para cumprir as tarefas mais árduas nas cidades do país vizinho, como entregadores, carregadores ou aguadeiros. Por Eliseo Fernández.

Página do Diário de Lisboa (parte) de 11 de julho de 1921 com resultados eleitorais (obtido em casacomum.org - Fundação Mário Soares)

Há 100 anos, um programa eleitoral pela descentralização

July 16, 2021

Relevante nestas eleições realizadas há 100 anos foi o surgimento no círculo 9, concelho do Porto, de uma candidatura que se apresentou com um programa descentralizador e regionalista. Artigo de José Castro

Rui Borges

Redescoberta a vanguarda científica que Estaline erradicou

July 10, 2021

Há cem anos, a teoria da relatividade desencadeou uma polémica soviética sobre a relação entre marxismo e ciência. O físico Boris Hessen defendeu a abertura à nova física de Einstein e foi uma das primeiras vítimas das purgas estalinistas. Entrevista a Rui Borges, que acaba de lançar o livro 'Einstein e Lenine em Moscovo'.