Está aqui

Mostra Internacional de Cinema Anti-Racista é já nos próximos dias 13 a 15 de outubro

A MICAR regressa ao Teatro Municipal do Porto - Rivoli, para a sua 4ª edição. Serão três dias de exibição de filmes e de realização de debates, sempre em torno de questões relacionadas com o racismo e a xenofobia. Todos os filmes e eventos têm entrada gratuita.
A Mostra Internacional de Cinema Anti-Racista terá lugar já nos próximos dias 13 a 15 de outubro, no Teatro Municipal do Porto - Rivoli.

Tal como em edições anteriores, são trazidas à Mostra obras recentes, que se destacaram pela abordagem dos temas propostos. Este ano, os destaques vão para o aclamado "I am not your negro", de Raoul Peck (2016) e o premiado "Fogo no mar", de Gianfranco Rosi (2016, vencedor de um Urso de Ouro no Festival Internacional de Cinema de Berlim.

O SOS Racismo, responsável pela organização da iniciativa, destaca que mantém-se ainda “a aposta em produções independentes e exercícios de ativismo através do cinema, com a notável surpresa de 'Broken Silence', de Orhan Galjus e Bob Entrop, um documentário sobre o holocausto cigano na segunda guerra mundial, que irá ser exibido na abertura da Mostra, dia 13 de outubro de 2017, pelas 21h30, e que contará com a presença de Orhan Galjus para o debate que se seguirá ao filme”.

São também revisitados mestres e os seus clássicos, com a exibição de "Black Girl", de Ousmane Sembene.

De acordo com o SOS Racismo, a grande aposta e mais-valia desta quarta edição reside, contudo, “nas pessoas que convidamos para os debates que se seguem aos filmes”, sendo que, para além de Orhan Galjus, jornalista e realizador do emocionante "Broken Silence", a iniciativa contará ainda com Bruno Gonçalves, para apresentar o projeto ROMED que coordena em Portugal; Pedro Neves, realizador, e Pedro Ferreira, fotógrafo e fotojornalista, que, a propósito do documentário "Schadeberg a preto e branco" sobre a vida do fotógrafo alemão Jurgen Schadeberg, irão abordar a fotografia enquanto instrumento de desconstrução de discriminações; Cristina Roldão, que estará presente no debate sobre o polémico "13th"; Joana Gorjão Henriques e Frederico Batista, para apresentarem o soberbo (e já premiado) trabalho que fizeram para o Público, sobre "racismo em português" e "racismo à portuguesa"; e Gaia Giuliani, que fará o enquadramento ao filme "Fogo no mar" e às consequências das políticas europeias sobre imigração.

Todas as sessões têm entrada gratuita, embora sujeita a levantamento prévio de bilhetes, os quais estarão disponíveis na bilheteira do Teatro Municipal do Porto – Rivoli.

Mais informações sobre o programa completo de 2017 estão disponíveis no site da MICAR.

 

Termos relacionados Sociedade

Adicionar novo comentário