No próximo dia 18 de janeiro, o Bloco leva os transportes públicos a debate na Assembleia da República. Urge responder ao processo de degradação do serviço prestado, que resulta da política de cortes cegos imposta por PSD e CDS. Dossier organizado por Mariana Carneiro.

Heitor de Sousa analisa a situação atual dos transportes públicos em Lisboa e Porto e aponta escolhas estratégicas para o futuro. Revertida a privatização, José Soeiro fala sobre o que falta ainda fazer nos transportes públicos do Porto. As incertezas sobre o futuro da STCP são abordadas por José Castro e Isaque Palmas. Fernando Barbosa defende que não se pode adiar o investimento necessário no Metro do Porto. Ricardo Robles escreve sobre a emergência dos transportes públicos em Lisboa e Pedro Peres alerta para as consequências da política de desinvestimento no Metro de Lisboa. Publicamos ainda artigos sobre a situação na Carris e os perigos do CETA (Exemplo da contenda entre Portugal e mexicanos da Avanza sobre Metro).

Ler Mais
 

Porque subiram os juros da dívida pública portuguesa?

3 horas 40 minutos atrás

As taxas de juro subiram por inação do Governo? A culpa é da maioria parlamentar apoiada por bloquistas e comunistas? Uma eventual nacionalização do Novo Banco vai agravar as taxas de juro? Para responder a estas e a outras perguntas sobre a evolução da dívida pública portuguesa, o esquerda.net foi ouvir 6 destacados economistas portugueses. Por Fabian Figueiredo.

José Manuel Fernandes e a defesa acalorada de uma renda de 450 milhões de euros

Para o Bloco de Esquerda a questão é porquê continuar com este negócio de transferir 450 milhões de euros por ano para privados quando ele não representa nenhuma vantagem para o público?

“Além da exploração resultante dos salários miseráveis que estes imigrantes auferem, ainda são obrigados a viver em condições indignas”,afirmou a deputada do Bloco, Sandra Cunha. Foto de José Serrano/ Diário do Alentejo
Sociedade

Alentejo: Imigrantes obrigados a viver em condições miseráveis

10 minutos atrás

Centenas de imigrantes são explorados no setor agrícola no Alentejo, onde auferem salários muito baixos e são obrigados a viver em condições degradantes.

Cultura

“Insisto não ser tristeza”: Associação José Afonso comemora 30º aniversário

40 minutos atrás

"Insisto não ser tristeza" - um verso de José Afonso - é o mote das comemorações, disse Francisco Fanhais, presidente da associação, acrescentando que estas visam igualmente "não fazer perder a memória do Zeca no coração das pessoas".

Greenpeace em Almaraz
Ambiente

Almaraz regista primeiro incidente do ano

55 minutos atrás

O Conselho de Segurança Nuclear espanhol comunicou esta terça-feira mais um incidente na central nuclear. Em Lisboa, a Assembleia Municipal aprovou moções contra o prolongamento da vida da central nuclear.

Política

Novo presidente do Parlamento Europeu esteve envolvido no escândalo da Volkswagen

14 horas atrás

Marisa Matias recorda que o recém eleito Presidente do Parlamento Europeu, o conservador italiano Antonio Tajani, esteve envolvido no escândalo das emissões da Volkswagen e foi um dos braços direitos do ex-primeiro ministro italiano Silvio Berlusconi.

Opiniões

Temos o Trump que merecemos?

Trump reage reafirmando tudo o que é. E Trump é a agonia da política.

Matámos a política?

A política não morreu, foi entregue. Com tudo o que está acontecer na Europa, a nossa única esperança é resgatá-la.

Oleogarquia – a aliança Trump-Putin explicada

O novo eixo oleogarca russo-americano é hoje a maior ameaça que já existiu para a espécie humana.

Cultura

Michael Löwy: O pensamento de Rosa Luxemburgo (1ª parte)

16 de Janeiro

Primeira parte de um texto de Michael Löwy, filósofo e sociólogo marxista brasileiro radicado em França, onde dirige o Centre National de la Recherche Scientifique (Centro Nacional de Pesquisa Científica).

Parentes de presos aguardam notícias em Manaus.
Internacional

Brasil: 4ª maior população carcerária do mundo é barril de pólvora

13 de Janeiro

Número de presos triplicou desde 2000, em grande parte devido à política de “guerra às drogas”. População prisional excede em 42% o número de vagas. Por Luis Leiria, do Rio de Janeiro.  

Sociedade

Morar em Lisboa transformou-se em “privilégio de poucos”

10 de Janeiro

Associações promovem carta aberta que pede “nova política de habitação e de ordenamento do território” e alerta para o facto de viver na capital ser hoje um “direito praticamente inacessível às famílias portuguesas”.

Internacional

Refugiados sujeitos a morrer de frio nas ilhas gregas, alerta Amnistia Internacional

12 de Janeiro

“Homens, mulheres e crianças sobrevivem em tendas cobertas de neve” e enfrentam “temperaturas abaixo de zero”, relata a ONG, que sublinha que “eles estão literalmente a ser abandonados ao frio às portas da Europa”.

esquerda.radio

Teresa Salgueiro n' Os Cantos da Casa

5 Janeiro

Afonso Dias ― Andanças & cantorias, 2016.
Teresa Salgueiro ― O horizonte, 2016.
José Afonso ― Fura fura, 1979.
Luís de Freitas Branco ― Suite alentejana nº. 1, 1919.
Alma Rasgada ― Não sou daqui, 2016.
Edição nº 246, de 5 de janeiro de 2017

Comunidade

O Consumismo

A sociedade capitalista manipula as pessoas e os seus padrões de vida, de beleza e até de consumo, não permitindo, a maioria das vezes, o indivíduo ser quem realmente é. Por Clara Moutinho Belbut, estudante do ensino secundário

Agenda

18 Janeiro

Carlos Consiglieri, numa conversa conduzida por Ana Aranha. Mais informações.
Lisboa, Museu do Aljube, 16h.

Mais informações. Organização: Comissão de Utentes dos Transportes de Lisboa.
Lisboa, em frente à residência do primeiro-ministro – Palácio de São Bento, 17h30.

Com António Delgado Fonseca - Militar de Abril, Jorge Cadima - Professor Universitário e Augusto Praça – Jurista. Organização: Movimento pelos Direitos do Povo Palestino e pela Paz no Médio Oriente. Ver evento de facebook.
Lisboa, Auditório Carlos Paredes - Avenida Gomes Pereira nº 17, 18h30.

Assembleia Geral da ONU
Internacional

O Isolamento dos EUA, por Noam Chomsky

6 de Janeiro

Noam Chomsky reflete sobre Israel, Trump e a Nova Ordem Mundial que se avizinha.

Dossier

Neste ano em que todos os perigos se adensaram no mundo e em que a Europa falhou no principal, Portugal conseguiu provar que a política de austeridade não é inevitável e deu esperança na luta pela mudança social em defesa dos mais pobres e do trabalho. Veja aqui uma seleção de alguns temas que marcaram o ano de 2016 em Portugal e no mundo.

 

Subscrever Newsletter