Está aqui

Tradução árabe de “Jerusalém” foi considerada uma das melhores de 2016

Tradução do livro "Jerusalém", de Gonçalo M.Tavares, da responsabilidade de Ahmad Salah al-Din e Muhammad Amer, foi distinguida pela publicação “Arabic Literature” como uma das melhores do ano.
O universo de "Jersusalém" centra-se na banalidade do mal e a facilidade da violência. Foto Almanaque Literário
O universo de "Jersusalém" centra-se na banalidade do mal e a facilidade da violência. Foto Almanaque Literário

Esta escolha foi da responsabilidade da jornalista e escritora egípcia Mansoura Ez Elfin, que selecionou um conjunto de obras literárias traduzidas em árabe e publicadas em 2016.

“Jerusalém” - que foi editado em Portugal em 2006 - , foi publicada em árabe, no ano passado, pela editora Dar Masr al-Arabia, e faz parte da tetralogia “O Reino”, que inclui “Um Homem: Klaus Klump”, “A Máquina de Joseph Walser” e “Aprender a Rezar na Era da Técnica”, que ganhou o Prémio do Melhor Livro Estrangeiro em França, em 2010.

Ez Elfin escolheu, entre outras, as obras “The Emigrants”, de W.G. Sebald, “Picnicking with a Suicide Belt”, de Kathem Khanjar, e “Ferdydurke”, de Witold Gombrowicz.

“Uma obra excecional”

Na justificação da sua escolha, a jornalista e escritora egípcia referiu que “Jerusalém” é “uma obra excecional” cujo universo se centra na “banalidade do mal e a facilidade da violência”.

A ação do romance desenrola-se numa pequena cidade, tendo como pano de fundo os horrores que o holocausto nazi trouxe à sociedade.

Theodor Busbeck, um médico, procura, através de acontecimentos idênticos, traçar um prognóstico que lhe permita determinar qual grupo de cidadãos que irá sofrer e qual será o mentor desse sofrimento.

No fundo, trata-se de uma teoria procura determinar os sintomas da sociedade.

O escritor português recebeu, entre outros, o Prémio José Saramago 2005 e o Prémio LER/Millennium BCP 2004, precisamente com “Jerusalém”, e também o Grande Prémio de Conto da Associação Portuguesa de Escritores Camilo Castelo Branco.

Termos relacionados Cultura

Adicionar novo comentário