Está aqui

Lucro da Galp mais do que duplica

109 milhões de euros no segundo trimestre deste ano representam uma subida de 109,7%. No ano, Américo Amorim, principal accionista da petrolífera, viu a sua fortuna crescer 9,1%.
No agregado dos primeiros seis meses do ano, a Galp registou receitas de 6,74 mil milhões de euros

Os lucros da Galp Energia foram de 109 milhões de euros no segundo trimestre deste ano, o que representa uma subida de 109,7% face ao período homólogo.

Em comunicado enviado à Comissão do Mercado de Valores Mobiliários (CMVM), a petrolífera portuguesa explica os bons resultados com a melhoria da margem financeira da refinação, a subida do preço médio do barril de brent e o desempenho do câmbio euro/dólar.

Ferreira de Oliveira, presidente da empresa, mostrou-se satisfeito com os resultados, mas recordou que 2009, a base de comparação, foi um ano mau. "Temos bons resultados quando comparados com o ano anterior, mas no ano passado apresentámos maus resultados", disse.

No agregado dos primeiros seis meses do ano, a Galp registou receitas de 6,74 mil milhões de euros, um resultado que fica 19% acima do alcançado no mesmo período do ano passado. Os custos totais também subiram 16,2% para 6,6 mil milhões de euros.

Recorde-se que o principal accionista da Galp, Américo Amorim continua a ser o homem mais rico de Portugal, de acordo com a lista divulgada pela revista Exame nesta quinta-feira. Amorim mantém a liderança pelo terceiro ano consecutivo, com um património de 2.188,4 milhões de euros. Além disso, num ano em que as fortunas dos mais ricos de Portugal caíram em média 6%, Amorim contrariou a tendência geral e viu a sua fortuna crescer 9,1% face ao ano anterior.

Artigos relacionados: 

Termos relacionados Sociedade

Adicionar novo comentário