Está aqui

Hepatite C: Médicos do Mundo contestam patente do sofosbuvir

A ONG apresentou queixa no Gabinete Europeu de Patentes e diz que é possível tratar os doentes por menos de 100 euros em vez dos 44 mil que o laboratório Gilead cobra a vários países europeus.
Médicos do Mundo avançam na Europa contra o laboratório que faz milhões à custa dos doentes com hepatire C

O custo proibitivo do medicamento que tem uma taxa de sucesso sem precedentes no tratamento da hepatite C está a deixar centenas de milhares de europeus sem acesso a cuidados que lhes podem salvar a vida. A ONG Médicos do Mundo entregou uma queixa no Gabinete Europeu de Patentes para que seja retirada a propriedade ao laboratório Gilead, que tem "exigido preços incomportáveis para os sistemas de saúde". Para a ONG, a molécula base do medicamento é "fruto de trabalho de muitos investigadores públicos e privados e não é suficientemente inovadora para merecer uma patente", pelo que a introdução de genéricos faria baixar o custo de tratamento com sofosbuvir para menos de 100 euros.

A ONG calcula que haja na União Europeia entre 7.3 a 8.8 milhões de pessoas infetadas pelo vírus da hepatite C. "A oposição à patente já foi feita pela sociedade civil na Índia e no Brasil para anular as patentes abusivas dos medicamentos e disponibilizar versões genéricas", explicou Olivier Maguet. Para este dirigente dos Médicos do Mundo, "isso permitiu diminuir o preço dos tratamentos e tratar doentes que não seriam tratados de outra forma".

Graças ao monopólio da patente sobre o sofosbuvir, a Gilead comercializa este medicamento sob o nome comercial Sovaldi, cobrando montantes muito elevados para o disponibilizar aos doentes. Só no ano passado, os lucros com a venda destes medicamentos usados no tratamento da hepatite C renderam-lhe mais de 10 mil milhões de euros, uma quantia superior à que gastou em 2011 para comprar a Pharmasset, a empresa que desenvolveu a molécula usada no medicamento.

Artigos relacionados: 

Termos relacionados Sociedade

Adicionar novo comentário