Está aqui

Dez razões para acabar com as portagens na Via do Infante

Intervenção de João Vasconcelos no debate na especialidade do Orçamento do Estado para 2016.
João Vasconcelos.

"1ª As portagens e as SCUT, se são injustas e penalizadoras, a Via do Infante representa a maior injustiça e arbitrariedade.

2º A exigência e imposição de portagens por parte de Passos Coelho e do governo do PSD e CDS foi um ato de vingança e de maldade sobre o Algarve as suas populações.

3º A estrada nacional 125 não constitui qualquer alternativa viável à Via do Infante.

4º A estrada nacional 125 transformou-se de novo na estrada da morte, com uma média de 10 mil acidentes por ano, 160 feridos graves e 35 vítimas mortais.

5º Grande parte da Via do Infante foi construída fora do modelo de financiamento de SCUT.

6º A Parcerias Público Privadas (PPP) na Via do Infante é mais um crime económico dos muitos que se cometem em Portugal nas PPPs.

7º As portagens agravaram a crise económica e social no Algarve.

8º O Algarve regrediu cerca de 20 anos em termos de mobilidade. 

9º O senhor Primeiro Ministro prometeu, em campanha eleitoral, acabar com as portagens no Algarve, e palavra dada deverá ser palavra honrada.

10º Todos aqueles que teimarem em manter as portagens na Via do Infante certamente não terão paz nas vossas vidas pois ecoarão eternamente, nas suas consciências, os gritos lancinantes das vítimas."

João Vasconcelos: " Dez razões para acabar com as portagens na Via do Infante"

Termos relacionados Política

Adicionar novo comentário