Está aqui

Bloco reúne a sua Conferência Nacional Autárquica a 18 de fevereiro

Bloquistas preparam novo ciclo autárquico em conferência nacional, que terá lugar em Lisboa, no Auditório da Faculdade de Medicina Dentária.

“As candidaturas do Bloco de Esquerda juntam forças por uma nova agenda autárquica – Direitos de Cidadania, Coesão Social e Territorial, Resposta aos Novos Desafios Ambientais”, lê-se no manifesto da Conferência.

No documento, os bloquistas assinalam que “a participação do Bloco nas próximas eleições locais tem como objetivo central contribuir para a abertura de um novo ciclo político autárquico que reflita as cidades, os núcleos urbanos em geral, pela função social e ecológica que desempenham, pela capacidade de garantir direitos básicos a todos, promover a inclusão, a participação cidadã e a democracia”.

“O Bloco quer ser uma força decisiva para a abertura de um novo ciclo autárquico”, referem, avançando que “o critério do êxito de um governo autárquico deixa de ser o da quantidade de betão que contrata, mas o da satisfação dos direitos das pessoas, dos indicadores de igualdade e coesão social, da sustentabilidade ambiental, da participação cidadã nas decisões e na vida da comunidade”.

“Não deixamos ninguém para trás”, garantem, destacando que exigem “direitos de cidadania, territórios inclusivos e ambientalmente sustentáveis, democracia ampla e descentralização, coesão e combate às assimetrias e desigualdades”.

Estes “são no conjunto os traços principais de uma nova agenda autárquica, constituem os desafios que mobilizam as candidaturas autárquicas do Bloco a nível nacional”.

O debate preparatório da Conferência Nacional Autárquica já começou, tendo já sido publicado o 1º Boletim da Conferência, do qual consta o manifesto e os textos de reflexão enviados até 31 de janeiro.

As propostas de alteração e outros textos de reflexão serão recebidos até ao dia 15 de fevereiro, devendo ser enviados para o email bloco.esquerda@bloco.org. Na véspera da conferência será editado o segundo boletim e distribuído aos participantes. Tal como o primeiro boletim, será publicado no site do partido, o bloco.org.

As propostas de alteração votadas na Conferência podem ser apresentadas até ao momento da discussão, desde que subscritas por dez aderentes.

As inscrições na Conferência devem ser feitas através do formulário que disponibilizamos aqui.

Termos relacionados Política

Adicionar novo comentário