Está aqui

Bilionários ficaram mais ricos em 2009

Segundo um relatório da Merrill Lynch sobre a riqueza mundial, o número de pessoas que, no mundo, tem mais de um milhão de dólares para investir aumentou e a sua riqueza cresceu 18,9%.
Os 0,15% mais ricos do planeta ganharam mais 18,9% em 2009 - Bolsa de Nova Iorque, foto da Lusa (arquivo)

O banco Merril Lynch e a consulta francesa Capgemini publicaram o 14º relatório sobre a riqueza mundial, com os dados de 2009.

Segundo esse relatório, o número de pessoas que tem mais de um milhão de dólares em activos de investimento aumentou 17,1% em 2009. São dez milhões de pessoas, cerca de 0,15% da população mundial, cujas fortunas aumentaram 18,9% em 2009 para 39 biliões de dólares. Em 2007 o montante global era de 40,7 biliões de dólares e em 2008 de 32,8 biliões de dólares.

Segundo Nick Tucker, director do Merrill Lynch, “enquanto que em 2008 houve um declive económico sem precedentes, em 2009 já se avistaram sinais de recuperação e algumas áreas do mundo regressaram aos níveis de 2007”.

De acordo com Tucker, a área onde os índices de riqueza mais cresceram em 2009 foi a Ásia Pacífico. A população mais rica desta região aumentou 25% em número e as suas fortunas cresceram 30,9%. Na América Latina a população mais rica aumentou 8,3% e a sua riqueza subiu 15% em 2009.

A maior concentração de população rica está, no entanto, em três países (Estados Unidos, Japão e Alemanha) que detêm 53,5% das maiores fortunas mundiais. Só nos Estados Unidos encontram-se 31% das maiores riquezas mundiais.

Termos relacionados Sociedade

Adicionar novo comentário