Está aqui

Massacre em Gaza

Edifício de Gaza destruído por um bombardeamento em 2009. Foto de Marius Arnesen

Gaza: Quase 30 palestinianos mortos em dois dias

Maio 9, 2019

Segundo anúncio da ONU emitido esta quarta-feira, 29 palestinianos foram mortos e mais de 200 ficaram feridos em dois dias de bombardeamentos do exército israelita na Faixa de Gaza.

Fotografia: commons.wikimedia.org

Após escalada de violência em Gaza, Palestina aceita cessar-fogo

Maio 6, 2019

Esta madrugada, os líderes palestinianos em Gaza acordaram um cessar-fogo com Israel. A decisão veio no seguimento de uma escalada de violência, fruto da ordem de “ataques massivos" por Netanyahu.

Fotografia: commons/wikimedia.org

Israel bombardeia Gaza

Março 25, 2019

O massacre na Palestina continua. O primeiro-ministro israelita encontrou-se com Trump em Washington, onde prometeu uma retaliação “com força”.

O raide israelita atingiu Jafawari, no centro da Faixa de Gaza.

Mulher grávida e bebé morrem após ataque israelita

Agosto 9, 2018

Na sequência de um ataque aéreo por parte de Israel, uma mulher grávida e um bebé de 18 meses morreram na Faixa de Gaza. Israel enviara uma série de raides, respondendo de forma letal a granadas disparadas de dentro.

Desde o início dos protestos, a 30 de março, já foram mortos pelo menos 157 palestinianos. O bloqueio israelita dura há mais de dez anos e os habitantes da Faixa de Gaza exigem poder voltar ao lugar de onde foram expulsos.

Faixa de Gaza: mais um palestiniano morto

Julho 28, 2018

Desta vez, foi um adolescente. A morte ocorreu esta sexta-feira, durante uma manifestação perto da fronteira da Faixa de Gaza. A informação é do Ministério da Saúde palestiniano.

Num só dia, o funesto 14 de maio, sessenta manifestantes foram assassinados pelos soldados israelitas (que não têm nem um só ferido)

Palestina: "Não se trata de confrontos, mas de um massacre"

Junho 17, 2018

Israel voltou a encontrar a sua unidade numa espécie de mistura nauseabunda entre aqueles que aplaudem as façanhas dos “nossos soldados” em Gaza, e aqueles que guardam um silêncio cúmplice perante o massacre. Por Michael Warschawski.

Fotografia: Twitter/@qudsn

Israel prepara-se para ocupar Gaza

Junho 4, 2018

Em entrevista à rádio Janoob FM na passada terça-feira, Ayelet Shaked, Ministra da Justiça de Israel, afirmou que é altura de ocupar a Faixa de Gaza.

Israel mantém a Faixa de Gaza bloqueada desde 2007. Desde aí, tem mantido cidadãos palestinianos presos lá dentro, controlando o que sai, racionando água e eletricidade. A violência sobre os habitantes é habitual.

Israel constrói barreira marítima na Faixa de Gaza

Maio 28, 2018

Com a barreira, que estará pronta dentro de um ano, Lieberman adverte que o país continuará “a defender os cidadãos israelitas com força e sofisticação”, não dando mostras de querer parar o massacre sobre os palestinianos ou de descolonizar a Faixa de Gaza, cujos habitantes ali continuam presos.

Gaza e o "crime dos crimes"

Setembro 29, 2014

Nelson Mandela declarou várias vezes que “a Palestina é a maior questão moral do nosso tempo”. Após termos derrubado o regime de apartheid em 1994, ele continuou a dizer que “nós, sul-africanos, não podemos considerar-nos livres enquanto o povo palestiniano não for livre”. Artigo de Ronnie Kasrils.

Marisa Matias defende suspensão do acordo de associação entre a União Europeia e Israel

Setembro 9, 2014

O pacto “nunca foi cumprido porque Israel sempre teve um estado de exceção, sempre violou os direitos humanos”, lembrou a eurodeputada bloquista, defendo ainda o boicote a produtos israelitas.

Não houve vitória de Israel

Agosto 30, 2014

Não foi uma famosa vitória de Israel e isso é o que os palestinianos de Gaza estão a celebrar. Muitos, nos meios internacionais de comunicação, mostraram a sua desaprovação com o fogo de artifício em Gaza na noite da terça-feira. Mais de 2.100 mortos, 1.700 dos quais civis, e 100 mil feridos, o que têm para comemorar? O fim de uma matança? A paz? Por Robert Fisk.

Boicote, Desinvestimento e Sanções: uma alternativa eficaz. Foto de Claudia Gabriela Marques Vieira

Depois de Gaza: o BDS é uma opção

Agosto 15, 2014

Para o historiador israelita Illan Pappé, cem mil mísseis lançados de Gaza não têm o mesmo efeito que um único governo no mundo que estivesse disposto a romper relações com Israel. Por  Shaun de Waal, do semanário sul-africano Mail & Guardian

Gaza: Os desígnios de Israel

Agosto 13, 2014

A ofensiva israelita em Gaza fracassou quer a nível militar como no plano político. Nos escombros das escolas de Gaza encontram-se os restos da argumentação israelita sobre o seu direito a defender-se. Artigo de Alejandro Nadal.

Chomsky: Pesadelo em Gaza

Agosto 8, 2014

Entre todos os horrores que se desenrolam na mais recente ofensiva israelita em Gaza, a meta de Israel é simples: um retorno à norma. E, para Gaza, a norma é uma existência miserável sob um cerco cruel e destrutivo que Israel administra, permitindo a mera sobrevivência e nada mais.

Shahd Wadi: “A limpeza étnica de Gaza é um massacre contra a humanidade”

Agosto 7, 2014

Em entrevista ao esquerda.net, Shahd Wadi fala da vida em Gaza, lembra que há um cerco à Faixa desde 2007 e alerta que mesmo que os bombardeamentos cessem, a vida será “muito mais difícil do que já era antes”. A luso-palestiniana fala-nos também da campanha Boicote, Desinvestimento e Sanções (BDS), um movimento semelhante ao que existiu contra o apartheid na África do Sul.

Outra vítima em Gaza: a “responsabilidade de proteger” da ONU

Agosto 7, 2014

Mesmo depois dos ataques às escolas da ONU, o Conselho de Segurança mantém o silêncio sobre a ofensiva israelita a Gaza, que completou quatro semanas esta terça-feira com saldo aproximado de 1.810 palestinos mortos, na sua maioria civis. Artigo de Thalif Deen, publicado no portal da IPS.

Gaza: O massacre visto por dentro

Agosto 5, 2014

Dois médicos noruegueses em Gaza descrevem, atónitos, uma guerra que visa especialmente residências e hospitais e faz a população acreditar que já “não há nada a perder”. Por Gideon Levy e Alex Levac, no Haaretz.

Gaza provoca demissão no governo britânico

Agosto 5, 2014

A secretária de Estado Sayeeda Warsi, que já presidiu ao Partido Conservador, demitiu-se do Governo de David Cameron por este ter assumido uma "política moralmente indefensável" após o ataque israelita à Faixa de Gaza.

Espanha suspende venda de armas a Israel

Agosto 5, 2014

O Governo espanhol decidiu suspender as autorizações de venda de armamento a Israel por causa dos ataques a Gaza. Israel e Hamas acordaram nova trégua no Egito.

Israel ataca campo de refugiados após declarar cessar-fogo

Agosto 4, 2014

Uma criança morta e, pelo menos, 30 pessoas feridas num ataque a um campo de refugiados em Gaza, minutos após o início de um cessar-fogo unilateral israelita. A “trégua” foi precedida esta segunda-feira de manhã de 23 raides aéreos sobre a faixa de Gaza e de fogo de artilharia, segundo um porta-voz do exército israelita.

O direito internacional não é para israelitas

Agosto 3, 2014

O Governo israelita já começou a trabalhar para o pós-guerra formando uma comissão interministerial, dirigida pelo Exército, para fazer frente a possíveis acusações de crimes de guerra nos fóruns de justiça internacionais. Artigo de Eugenio Garcia Gascón.

Telavive: assim se fabrica a guerra infinita

Agosto 3, 2014

Israel não deseja a paz. Nunca quis tanto que estivesse errado o que escrevo. Mas as evidências acumulam-se. Na verdade, pode-se dizer que Israel nunca desejou a paz – uma paz justa, ou seja, baseada num acordo justo para ambos os lados. Artigo de Gideon Levy, jornalista israelita, publicado no Haaretz.

Dirigentes israelitas: esperam-vos em Haia!

Agosto 3, 2014

O estado israelita e os chefes do seu exército acabarão por ser considerados como responsáveis pelo massacre de massas premeditado em Gaza. Responsáveis perante o mundo, os tribunais de justiça e a história. Não haverá circunstâncias atenuantes. Por Michel Warschawski

Israel ataca de novo uma escola da ONU em Gaza, matando 10 pessoas

Agosto 3, 2014

Apesar de ainda estar em vigor o período de cessar-fogo de 72 horas estabelecido entre o governo de Netanyahu e o Hamas, a pedido dos EUA e da ONU, Israel voltou a bombardear uma escola da ONU em Gaza. Só neste domingo, Israel já matou 37 pessoas e desde o início deste massacre o número de pessoas mortas ascende já a 1.737.

Milhares manifestam-se em França em solidariedade com o povo palestiniano

Agosto 3, 2014

Em Paris e noutras cidades de França, milhares de pessoas manifestaram-se neste sábado contra o massacre israelita em Gaza e em solidariedade com o povo palestiniano.