Está aqui

Opinião

29 Abril, 2009

Quase toda a gente levou a reunião do G20 de 2 de Abril em Londres demasiado a sério. Especialistas e críticos analisaram-na como se o seu objectivo fosse introduzir algumas mudanças nas políticas dos estados que participaram. O facto é que todos os que compareceram sabiam antecipadamente que nada significativo iria mudar devido à reunião, e que as pequenas mudanças menores que nela foram adoptadas poderiam facilmente ter sido negociadas sem que a reunião tivesse ocorrido.

27 Abril, 2009

No dia 16 de Abril, o Parlamento aprovou na generalidade três propostas do Bloco de Esquerda: levantamento do segredo bancário, publicação das remunerações dos corpos gerentes das empresas cotadas e uma taxa sobre os pára-quedas dourados. Desde então, tem sido um frenesim: "confisco soviético" garante a primeira página do Jornal de Negócios de dia 20, "inusitada aprovação", lê-se nas páginas da mesma edição, "populismo" e "demagogia inacreditável", dizem à uma todos os comentadores ouvidos pelo jornal.

25 Abril, 2009

Há trinta e cinco anos derrubou-se o muro que nos impedia de sair de uma guerra ignóbil e nos prendia na nossa própria pátria.

17 Abril, 2009

O Afeganistão sempre foi o cemitério de todos os invasores, desde Alexandre Magno aos Soviéticos, passando por Gengis Khan e a Grã-Bretanha.

14 Abril, 2009

Reduzir e controlar os indecentes salários dos administradores e os lucros dos accionistas das muitas empresas que recebem avultados subsídios do Estado, constituiu tema de debate nas últimas semanas em França, enquanto se multiplicam os casos de patrões sequestrados por trabalhadores em luta...Nós por cá todos bem...

11 Abril, 2009

As respostas à visita de José Eduardo dos Santos a Lisboa são uma fotografia de alguns dos debates ideológicos e políticos mais surpreendentes. A visita em si não teria história: Portugal tem relações diplomáticas e económicas com Angola e deve receber e conversar com os seus representantes. Mas o festim neocolonial que foi erguido com esta visita é revelador dos tiques da economia e da política portuguesa.

6 Abril, 2009

A proposta de promoção a general do Coronel Jaime Neves tem o apoio unânime do Conselho dos  Chefes de Estado Maior, foi lançada segundo consta nos jornais por gurus do regime pós novembrista, como Ramalho Eanes e Rocha Vieira, e justificada publicamente, entre outros, por generais na reserva que detiveram altos cargos como o ex-Chefe do Estado Maior General das Forças Armadas General Gabriel Espírito Santo e o ex Chefe do Estado Maior do Exército e ex-Ministro da Defesa General Loureiro dos Santos.

4 Abril, 2009

Af-Paq é o novo acrónimo que o governo norte-americano inventou para Afeganistão-Paquistão. O seu significado é que há uma preocupação geopolítica dos Estados Unidos na qual a estratégia que o país quer seguir envolve ambos os países simultaneamente, e não podem ser considerados separadamente. Os Estados Unidos enfatizaram esta política nomeando um único Representante Especial para os dois países, Richard Holbrooke.

26 Março, 2009

Numa economia de mercado é aos privados que em primeiro lugar se devem pedir contas. As recentes implosões de instituições financeiras mostram que os vilões da história foram os "top managers". Até aqui estamos em linha com as (más) práticas internacionais. Contudo, com esta crise já se aprendeu uma coisa: a maior falência no sistema financeiro português é a do Banco de Portugal (BdP).

26 Março, 2009

No ano passado, a EDP teve quase 1100 milhões de euros de lucro, os maiores de sempre de uma empresa cotada na bolsa portuguesa. Mesmo assim, a EDP continua a cobrar 25% acima do que acontece em Espanha. E não hesita em cortar a luz a milhares de famílias que não conseguem pagar a conta da luz. Segundo a Deco, são cada vez mais as casas em que as opções mais drásticas já foram feitas.

Páginas