Está aqui

Opinião

4 Agosto, 2021

Em setembro, mais que nunca, precisamos de levar às eleições autárquicas a justiça social e climática e um projeto de um futuro digno para todos e todas.

4 Agosto, 2021

Não foi só por ser um símbolo do 25 de Abril que a direita ainda não parou de enlamear a memória de Otelo. Foi também porque foi símbolo do “25 de Abril do Povo” que acreditou no Poder Popular cantado por Zeca Afonso, José Mário Branco, Fausto, Sérgio Godinho e outros.

3 Agosto, 2021

Só o facto de a morte de um capitão de Abril nunca ter merecido essa honra de Estado já deveria encher de luto o luto nacional.

2 Agosto, 2021

A desflorestação, em particular nos países mais pobres, aqueles com processos de industrialização mais tardios, é onde os patogénicos que criarão as pandemias do futuro surgem. Menos biodiversidade significa efectivamente mais riscos de pandemias.

31 Julho, 2021

Na Ásia, na Europa, nas Américas, o direito de voto é um parêntesis. Mas talvez seja nos EUA que se concentram agora algumas das ameaças aos direitos democráticos que podem ter mais consequências.

31 Julho, 2021

Manchar a memória da revolução é o caminho para atacar a democracia e a liberdade. Também por isso Otelo merecia o luto nacional: o país não tem vergonha da revolução nem dos seus heróis.

30 Julho, 2021

Augusto Santos Silva afirmou que não podia deixar passar em claro as declarações do Bloco sobre Cabo Delgado. O que não podemos deixar passar, senhor ministro, é os interesses económicos se sobreporem aos direitos humanos e a comunidade internacional continuar a assobiar para o lado.

29 Julho, 2021

Por mim, não vou esquecer esta coisa miserável de negar a um símbolo, talvez o mais sincero da nossa memória, este agravo que lhe foi feito na hora da morte.

29 Julho, 2021

Na Assembleia Legislativa da Região dos Açores, debateram-se duas iniciativas, do Bloco de Esquerda e do PSD, ambas com o mesmo teor: a eliminação do fator de sustentabilidade.

29 Julho, 2021

Seguir o rasto do dinheiro com que a extrema direita financia as suas campanhas contra a igualdade de género permite-nos desmontar duplamente a ficção de que a extrema direita é “contra o sistema”.

Páginas