Está aqui

Opinião

26 Abril, 2011

Passos é a consequência natural e o prossecutor da mesma malta que quer fazer do país um ATL onde experimentar umas fórmulas mágicas de que ouviram falar na última viagem a Berlim.

25 Abril, 2011

Depois de ter bloqueado a entrada de comboios com imigrantes magrebinos vindos de Itália, a proposta vinda do Eliseu é a suspensão do Acordo de Schengen.

24 Abril, 2011

A resposta da esquerda à crise não se pode limitar a soluções que visem o relançamento do consumo.

24 Abril, 2011

Serão expostos ao Supremo Tribunal do estado de Nova York os argumentos contra John Leso, um psicólogo acusado de participar de procedimentos de tortura na prisão de Guantánamo, que Obama prometeu fechar, mas não cumpriu.

23 Abril, 2011

Os representantes do patronato nacional, da indústria à agricultura passando pelo comércio, querem ganhar na secretaria aquilo que, fruto das lutas dos trabalhadores, não conseguiram impor nos códigos de trabalho ou na concertação social.

22 Abril, 2011

4 banqueiros impuseram a troika externa ao país, o grupo Jerónimo Martins tratou de lançar o marketing da troika interna, composta por PS, PSD e CDS. 

21 Abril, 2011

Havia alguma coisa para negociar entre cada partido e o FMI com a Comissão Europeia? A resposta honesta é não: o comunicado do Ecofin que determina o mandato desta “missão” estabelece que as medidas a impor são as do PEC4 e mais alguma coisa por acrescento.

20 Abril, 2011

Indiferente à escolha democrática marcada para 5 de junho, a UE quer aprovar já em maio o terror social que nos reserva para os próximos anos. É para isso que serve o simulacro de negociações com o tripé doméstico do FMI.

20 Abril, 2011

A troika PS/PSD/CDS candidata-se ao cargo de regente do FMI. A esquerda candidata-se para um governo democrático que sirva os interesses da população. A esquerda rejeita esta “ajuda” de maçã envenenada.

19 Abril, 2011

Tomar de ânimo leve o processo argentino como exemplo do que deve ser a nossa resposta perante o FMI é sinal de ignorância em relação aos factos e à própria experiência das esquerdas argentinas na sua luta contra a dependência e recessão.

Páginas