Está aqui

Opinião

23 Fevereiro, 2011

O governo português coloca-se sempre ao lado das chancelarias, que suportaram, financiaram, negociaram, confortaram e elogiaram estas ditaduras que o povo árabe está a derrubar agora.

23 Fevereiro, 2011

O povo líbio precisa da nossa solidariedade, não de “diplomacia económica” que fecha os olhos às atrocidades.

23 Fevereiro, 2011

Meio despercebida entre todo o ruído acerca do FMI, do FEEF e das birras do eixo franco-alemão acerca da governação económica na UE, há, desde Janeiro, uma autoridade de supervisão do sistema financeiro europeu...

22 Fevereiro, 2011

Não faltam as razões para esta censura, executada no dia em que o Presidente da República volta a ganhar o poder de dissolução do Parlamento.

22 Fevereiro, 2011

Sócrates já disse não perceber “como é que algum líder fica mal disposto quando os números são bons”. Mas serão de facto bons?

22 Fevereiro, 2011

“Não é o desejável, mas é o possível” não é só um convite à paralisação e ao esvaziamento da esquerda, é mesmo uma das formas mais agressivas de reduzir o possível ao que existe e de impor o que existe como a única alternativa.

21 Fevereiro, 2011

Os norte-americanos têm frio, fome e estão desempregados. Ao aumentar a despesa militar, que já é superior à soma de todos os orçamentos militares do mundo, simplesmente, estamos a levar esse sofrimento ao exterior.

21 Fevereiro, 2011

José Manuel Fernandes, Pedro Lomba, Pacheco Pereira: a direita procura argumentos para desmobilizar os precários.

20 Fevereiro, 2011

Não é sobre o conteúdo da directiva-quadro sobre medicamentos que me proponho escrever, mas sobre o modo como estas leis de aplicação obrigatória em toda a União se fazem por estes lados.

20 Fevereiro, 2011

Qualquer defensismo na censura a um dos piores governos da história democrática recente, em nome de um seguro sem apólice contra o mal menor, é alienar a voz dos que representamos e diminuir as suas condições de resistência.

Páginas