Está aqui

Opinião

1 Abril, 2021

A ideologia salazarista da “saúde entregue aos privados” era sustentada, nas palavras do próprio Salazar, na ineficácia da gestão pública e na superioridade da gestão privada. Foi necessária a revolução de Abril para transformar o papel do Estado na oferta de cuidados de saúde.

31 Março, 2021

É lamentável que o PS, que no passado aceitou juntar-se aos partidos de Esquerda para recorrer ao Tribunal Constitucional contra os cortes da troika, admita agora voltar ao Palácio Ratton para travar apoios a quem mais precisa.

31 Março, 2021

É mais que tempo de as velhas auto-imagens da advocacia – o profissional liberal auto-suficiente – se confrontarem com a realidade da precarização e da dependência económica. E essa imagem da advocacia mais fiel à verdade das coisas terá de ter expressão na proteção social.

30 Março, 2021

João Lourenço ainda está a tempo de imprimir uma nova orientação à Comissão para a Implementação do Plano de Reconciliação em Memória das Vítimas dos Conflitos Políticos (CIVICOP).

30 Março, 2021

Venho sugerir um tema, que não é inédito, mas que merece ser considerado com maior urgência: retirar os carros da zona central das grandes cidades. Há duas razões de fundo para essa proposta.

29 Março, 2021

O vírus revelou e multiplicou as desigualdades sociais (de classe, de género, de etnia), atingindo os mais vulneráveis (os pobres, os racializados, as mulheres).

29 Março, 2021

A plantação de árvores em grande escala é só o mais recente prato do dia do menu infinito de falsas soluções do capitalismo verde.

28 Março, 2021

O Governo parece disposto a usar todo o arsenal político e jurídico de que dispõe para travar um pequeno aumento dos apoios aos trabalhadores independentes que ficaram sem rendimentos. O que está, então, em causa em todo este processo?

28 Março, 2021

O PSD tem boas razões internas para defender o adiamento das eleições autárquicas para os últimos meses do ano. Mas são só isso mesmo, boas razões internas.

28 Março, 2021

Longe vão os dias em que deputadas e deputados do PS se dirigiam ao Tribunal Constitucional para contestar cortes nos salários e nas pensões, agora levantam a Constituição para reduzir apoios sociais. Não esperava tal traição à “geringonça”.

Páginas