Está aqui

Opinião

20 Maio, 2022

Quanto mais emproados os discursos visionários, maior a incapacidade que mascaram. Mesmo que o suplemento de alma garantido pela autointoxicação macroniana seja simplesmente para esquecer.

20 Maio, 2022

O manifesto afirma o que todas pensamos: não podemos aceitar para juiz do Tribunal Constitucional “que nos faz sentir a mesma vergonha que paira sobre o Supremo Tribunal dos EUA”.

19 Maio, 2022

Não cria as condições para o seu crescimento e fortalecimento. Pelo contrário, a diminuição do investimento e a ausência de uma estratégia para os profissionais, coloca o serviço público num real risco de sofrer uma diminuição da oferta de cuidados de saúde.

19 Maio, 2022

Um grupo de cidadãs e cidadãos trouxe à praça pública mais uma das más práticas ambientais que, infelizmente, se assiste na nossa região. Desta vez, serviu uma das melhores praias da ilha Terceira para demonstrar aquilo que não deve ser feito.

18 Maio, 2022

Na Palestina, como noutras partes do mundo, não há nenhum “conflito”, há uma ocupação. Não há “confrontos” entre israelitas e palestinianos, mas uma invasão bárbara à margem do direito internacional e um povo que resiste a ela.

17 Maio, 2022

Com a Saúde ligada às máquinas e a obra do novo hospital a dar água pela barba, o Secretário da tutela tem muito em que pensar e tem de definir prioridades. E isto de as pessoas quererem e precisarem de ter uma consulta ou de fazer um exame não parece ser uma delas. Elas que esperem!!

17 Maio, 2022

O planeamento familiar e a saúde sexual, como todas as respostas que são dadas pelo SNS, podem e devem ser avaliadas. Confundir a liberdade individual com doença e fizer disso critério, porém, é inadmissível.

17 Maio, 2022

Portugal desenvolveu um estado carente em habitação pública e excedente em propriedade privada construída com apoio público, o qual foi canalizado para a construção e para a banca: somos o país que tem mais habitação por mil habitantes da OCDE e temos, ao mesmo tempo, 12% desses fogos devolutos.

16 Maio, 2022

Desde a suspensão parcial do Plano de Ordenamento Turístico dos Açores, em 2010, que os Açores observaram um cenário de crescimento desregulado da oferta turística. Ora, esta desregulação velada só pode levar à insustentabilidade.

16 Maio, 2022

O desafio hoje é explicar a uma juventude desiludida que o caminho não é o do “salve-se quem puder”. Dá trabalho e leva tempo, mas são pequenas histórias como a do tio Orlando que podem ajudar a desconstruir o discurso fácil, leviano e enganador da teoria liberal.

Páginas