Um megafone em defesa dos direitos das mulheres

porAna Cansado

11 de junho 2020 - 20:47
PARTILHAR

Nestes dias ditos de confinamento uma vertente do trabalho político assumiu outra relevância: a capacidade de informar, animar e dar a conhecer as lutas pelos direitos nas redes sociais.

O esquerda.net sempre foi um megafone na defesa dos direitos das mulheres. Sem a preocupação de ser exaustiva basta lembrar que o esquerda.net começou o ano com uma viagem pelo mundo onde lembrou “a desigualdade de género, em prejuízo das mulheres (...) a discriminação salarial, a violência doméstica (que conduz, frequentemente, ao femicídio)”.

Muitas ativistas conhecem o papel do Bloco de Esquerda na defesa das mulheres e na proposta legislativa assertiva que procura salvar vidas. Reconhecemos e valorizamos essa luta.

Reconhecemos também o respeito pela memória das mulheres que não sobreviveram à violêmcia patriarcal. E todo o trabalho de divulgação e informação.

No dia 14 de fevereiro o esquerda.net fez eco e ampliou os protestos organizados pelas ativistas feministas contra os femicídios e pela proteção das mulheres.

Em março, pela pena da Rita Sarrico, o grito “Parem de nos matar” ajudou a mobilizar para a Greve Feminista Internacional e outras atividades de celebração do dia 8 de Março.

E quando as feministas voltaram à rua, em Lisboa, quinta-feira, 4 de junho, por iniciativa do coletivo “Por Todas Nós”, em solidariedade com estudantes, para fazer uma homenagem a Beatriz Lebre, estudante assassinada no dia 22 de maio de 2020, e a todas as vítimas de violência contra as mulheres mais uma vez o esquerda.net esteve presente e ajudou a divulgar e a preservar a memória da iniciativa.

Saibamos prosseguir esta luta valorizando as ativistas e os coletivos em luta e os movimentos aliados que encontram espaço para valorizar a ação de outros. E que nunca nos falte a voz para denunciar os agressores e gritar bem alto: Nem mais uma!

Ana Cansado
Sobre o/a autor(a)

Ana Cansado

Licenciada em Relações Internacionais. Ativista social. Escreve com a grafia anterior ao acordo ortográfico de 1990
Termos relacionados: