Está aqui

Mr. Bimby

Mr. Bimby discursa. Mr. Bimby declara. A bimby faz salgados e doces. Mr. Bimby opina sobre futebol e sobre o défice com igual destreza de pensamento.

Dizem na publicidade que a bimby é o robot de cozinha mais versátil do mundo. É uma combinação bem esgalhada do design e da tecnologia. Consegue aliar múltiplas funções.

Do pão aos bombons, a bimby faz tudo. Tudinho.

Mr. Bimby discursa. Mr. Bimby declara. A bimby faz salgados e doces. Mr. Bimby opina sobre futebol e sobre o défice com igual destreza de pensamento. Mr. Bimby sorri muito e põe-se sério de vez em quando. Mr. Bimby lamenta os males do mundo e rejubila com as boas novas. Está permanentemente a entrar-nos em casa e a bater à porta do coração.

A bimby faz bacalhau com natas com uma grande pinta. Mr. Bimby visita lares de velhos e dá um pulinho à Alemanha para falar com a Ângela.

A bimby é um robot que não deixa a cozinha suja. Tudo limpinho. Configuração afável e cosmopolita. Muito diferente dos passe-vites, das colheres de pau, dos fogões a petróleo que habitavam até há pouco os espaços domésticos ocupados pelo outro. Entre Mr. Bimby e o outro a grande diferença é essa. A cozinha arejada e limpa. Respira-se melhor. A cozinha passou a ter as janelas abertas. Virou um sítio simpático, muito diferente da cave em que o outro tinha transformado o cargo.

A bimby também faz sopa. Enquanto os putos tomam banho a sopinha fabrica-se no robot. Não perde tempo. Mr. Bimby vive cada minuto em permanente exaltação. Não há nada que lhe escape.

O outro vestia-se de Portugal, e transformava Portugal num trapinho. Mr. Bimby usa Portugal como um Armani.

Fez a campanha sozinho armado de bolachas maria. Apesar da sua multifuncionalidade não discutiu uma palavra de política. Chegou-lhe a presença. O estilo.

Mr. Bimby aparece como uma síntese de Quixote e Sancho. Fala com os gigantes com grande à vontade e entra nos moinhos como se fosse tudo dele. No mesmo dia em que está em Paris de manhã, está à tardinha numa fábrica de chouriços do ribatejo.

Despeito, ódio, revanchismo e provincianismo no aspecto mais atarracado do termo, foram substituídos por toneladas de risos, guizos e sorrisos.

Que a bimby cozinha não há dúvida.

As dúvidas são outras. Na hora certa, no momento exacto, o que cozinhará Mr. Bimby?

A bimby tritura. Amassa. Desfaz. Esmaga.

Sobre o/a autor(a)

Advogada, dirigente do Bloco de Esquerda. Escreve com a grafia anterior ao acordo ortográfico de 1990
Comentários (2)