Está aqui

O mundo às avessas

A Troika diz que vai tudo no bom caminho. No bom caminho para o fundo. No bom caminho para quem?

Portugal tem um milhão e duzentos mil desempregados. A Troika diz que vai tudo no bom caminho. O desemprego jovem supera os 35%. A Troika diz que vai tudo no bom caminho. Portugal é o terceiro país da União Europeia no qual os vínculos de trabalho a termo e outras situações têm uma maior expressão relativa. A Troika diz que vai tudo no bom caminho. No 3º trimestre de 2010, estima-se que 54,6% dos trabalhadores por conta de outrem com idade entre os 15-24 anos tinham vínculos laborais instáveis. A Troika diz que vai tudo no bom caminho A pobreza absoluta e envergonhada aumenta. A Troika diz que vai tudo no bom caminho. Existiam no ano de 2010 em Portugal 2,693 milhões de pessoas que se encontravam em pelo menos uma das seguintes situações: risco de pobreza, privação material severa ou a viver num agregado doméstico com uma intensidade laboral muito baixa. A Troika diz que vai tudo no bom caminhoEm termos relativos, as situações de risco de pobreza ou exclusão social (privação material severa ou pertença a um agregado doméstico com uma intensidade laboral muito baixa) em Portugal afetavam 25,3% da população, mais 0,4 pontos percentuais do que em 2009. A Troika diz que vai tudo no bom caminho O governo corta no rendimento social de inserção e no subsídio de desemprego e aumenta na caridade, nas cantinas e no take a way para os pobres. A Troika diz que vai tudo no bom caminho. Os despedimentos tornam-se mais fáceis e mais baratos. A Troika diz que vai tudo no bom caminho. Os serviços públicos são desmantelados, privatizados, perdem qualidade e tornam-se mais caros. A Troika diz que vai tudo no bom caminho.

No bom caminho para o fundo. No bom caminho para quem?

(Dados do Observatório das Desigualdades)

Sobre o/a autor(a)

Sociólogo, professor universitário, Presidente da Associação Portuguesa de Sociologia. Dirigente do Bloco de Esquerda.
Comentários (2)