Está aqui

Número de homens fumadores vai cair pela primeira vez, revela OMS

2018 pode ter sido o ponto de viragem para o início do declínio do número de homens fumadores em todo o mundo, aponta o relatório da Organização Mundial de Saúde sobre o tabagismo.
cigarro
Foto Jose Antonio/Flickr

“O número de homens utilizadores de tabaco à escala global atingiu o ponto de viragem em 2018 e começou a diminuir pela primeira vez. Prevê-se que a queda no número de mulheres fumadoras desde 2000 vá continuar”, conclui o relatório lançado esta semana pela Organização Mundial de Saúde. Os 1.337 milhões de fumadores em 2018 são menos 60 milhões do que no ano 2000, uma queda que se ficou a dever sobretudo à redução do número de mulheres fumadoras. Quanto aos homens, o número de fumadores cresceu cerca de 40 milhões no mesmo período, tendo parado de crescer no ano passado.

Ainda assim, a meta de reduzir o consumo de tabaco em 30% entre 2010 e 2025 foi revista para 23.5%, pois no que diz respeito aos homens, a queda prevista será de 18.8%. O grupo de países mais bem sucedido em atingir essa meta é o das Américas, com uma redução de 35% no consumo face a 2010. Nos países do Sudeste Asitático e do Mediterrâneo Oriental essa redução será apenas de 6% a 7% em 2025, prevê o relatório.

“A redução do consumo de tabaco não é apenas uma prioridade global para a saúde, mas também uma questão económica, de sustentabilidade e direitos humanos”, prossegue o relatório, calculando o custo do tabagismo para a economia global em 1.4 biliões de dólares a cada ano que passa.

A mortalidade associada ao tabagismo vitima cerca de oito milhões de pessoas por ano, devido a doenças respiratórias ou o cancro do pulmão, mas também doenças cardiovasculares e cancros da boca e da garganta, entre outros. Calcula-se que cerca de um destes oito milhões de mortos não sejam fumadores, mas pessoas expostas ao fumo dos outros.

A OMS apela aos governos para prosseguirem o esforço de monitorização e de medidas para restringir o uso de tabaco, por exemplo pela via fiscal, que considera uma boa forma de travar o consumo e dessa forma os gastos com saúde, mas também financiar o desenvolvimento de muitos países.

Termos relacionados Sociedade
(...)