Está aqui

Jorge Costa: Há um milagre eléctrico e quem paga são os consumidores