You are here

Atentados de Paris: "Não vamos deixar que o ódio impere"

Atentados de Paris: "Não vamos deixar que o ódio impere"

“A primeira palavra num momento como este não pode ser outra que não a condenação do terror”, avançou o líder parlamentar do Bloco. Pedro Filipe Soares afirmou que “quando o valor fundamental da vida é colocado em causa pelo fanatismo”, temos de nos perguntar “se queremos dar um passo em frente ou se queremos cair na armadilha do ódio”.