You are here

Dossier 353: NATO - A maior e mais letal máquina de guerra

Combater a NATO em tempos de cólera

June 27, 2022

A condenação inequívoca e consequente da agressão militar à Ucrânia inscreve-se no mesmo compromisso com a paz que nos leva a combater o branqueamento, alargamento e submissão nacional e europeia à NATO, mesmo em circunstâncias muito mais difíceis. Por José Gusmão.

NATO: de mal a pior

June 25, 2022

É urgente reconstruir um movimento global de paz que se oponha a todas as alianças militares e aos contínuos aumentos maciços nos orçamentos de defesa. Por Gilbert Achcar.

NATO, a caminho do Mar da China

June 25, 2022

A luta pela Paz é inseparável da luta pelo desarmamento e pelo desmantelamento de alianças militares agressivas. Sabemos que isso significa fazer recuar o imperialismo, ou seja, o poder de um ou mais países, poder militar, económico e político que domina terceiros países. Por Luís Fazenda.

As origens da guerra, o papel da NATO e os cenários futuros na Ucrânia

June 25, 2022

Nesta mesa-redonda com três conhecidos académicos da tradição marxista, Étienne Balibar, Silvia Federici e Michael Löwy, Marcello Musto questiona as posições da esquerda face à invasão da Ucrânia, o papel da NATO e as perspetivas de paz.

A NATO volta a focar-se no Indo-Pacífico

June 25, 2022

A agenda da NATO para 2030 é estender o seu “alcance global”. A prioridade é o Indo-Pacífico, que agora faz formalmente parte da agenda. O alvo principal é a China, enquanto o alvo secundário é a Rússia, que a NATO acredita estar em apuros, tratando-a como tal. Por Anuradha Chenoy.

NATO: a defesa coletiva como cobertura da hegemonia

June 25, 2022

Graças à invasão da Ucrânia e da guerra subsequente, a organização a que, há poucos meses, fora diagnosticada morte cerebral ganha um elan totalmente imprevisto e um espaço de radicalização do seu conceito estratégico que a cimeira de Madrid consagrará sem rebuço e sem reservas. Por José Manuel Pureza.

Seria uma guerra “fria” a melhor notícia?

June 25, 2022

A história sugere que a geopolítica global raramente termina pacificamente. Dadas as circunstâncias, uma nova guerra fria – com as forças armadas em grande parte congeladas – pode ser uma boa notícia e isso é o mais deprimente possível. Por Michael Klare.

A ascensão da NATO em África

June 25, 2022

A ansiedade com a expansão da Organização do Tratado do Atlântico Norte (NATO) em direção à fronteira russa é uma das causas da atual guerra na Ucrânia. Mas esta não é a única tentativa de expansão da NATO. Por Vijay Prashad.

Terrorismo na Europa Ocidental: Uma Abordagem aos Exércitos Secretos da NATO

June 25, 2022

A existência desses exércitos clandestinos da NATO permaneceu um segredo bem guardado durante a Guerra Fria até 1990, quando a primeira filial da rede foi descoberta em Itália. Tinha o nome de código “Gladio”, a palavra latina para um espada curta de dois gumes. Por Daniele Ganser.

NATO: A maior e mais letal máquina de guerra

June 25, 2022

A Cimeira da NATO está marcada para os próximos dias 29 e 30 de junho, em Madrid. A par da resposta à guerra na Ucrânia, discutir-se-á o alargamento da Aliança, a extensão do seu papel e da sua área de influência e intervenção, nomeadamente no que respeita ao Indo-Pacífico. Dossier organizado por Mariana Carneiro.